Todos por São Luís

quarta-feira, 29 de julho de 2015

Professores da rede municipal recebem homenagem do CMDCA por trabalhos socioeducativos

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), participou nesta manhã (29) da celebração em comemoração aos 24 anos do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de São Luís (CMDCA) e dos 25 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). O evento aconteceu no auditório do Grand São Luís Hotel e homenageou professores e gestores da rede municipal por projetos e ações socioeducativas desenvolvidas com crianças e adolescentes nas escolas.
O secretário municipal de Educação, Geraldo Castro Sobrinho, representando o prefeito Edivaldo Holanda Júnior, parabenizou a todas as instituições presentes e destacou a importância do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente para toda a sociedade ludovicense, especialmente para as crianças e adolescentes.
"É preciso olhar a criança e o adolescente como o futuro do nosso país. Temos colaborado na formulação e garantia de políticas públicas efetivas para esta população, de acordo com disposições previstas no Estatuto da Criança e do Adolescente. Quero parabenizar todos os conselheiros tutelares, e em especial as professoras da rede, que com um amor incansável trabalham em prol das crianças, oferecendo educação, respeito e, acima de tudo, valorizando a qualidade de vida dessas crianças", ressaltou o titular da Semed.
A Unidade de Ensino Básico Olívio Castelo Branco, no Anil, foi uma das escolas homenageadas pelo CMDCA. "Minha Escola tem Tambor de Crioula e a Tua Não Tem", título extraído de uma música do Mestre Antonio Vieira, é tema do projeto que a unidade desenvolve com os estudantes e tem como objetivo trabalhar a valorização do tambor de crioula – tombado como Patrimônio Cultural e Imaterial do Maranhão em 2007.
"É muito gratificante para nós receber essa homenagem, vemos como uma vitória cultural, pois sabemos o quanto é difícil o reconhecimento. Através da cultura somos capazes de contribuir para o desenvolvimento das crianças na escola", disse Rayra Campos, professora precursora do projeto. "O ambiente escolar melhorou bastante, a comunidade e os pais abraçaram conosco o projeto e contribuem muito para essa valorização que hoje estamos tendo. A música, a dança e o canto são instrumentos pedagógicos que auxiliam nas habilidades e capacidades dos estudantes", destacou a gestora da Olívio Castelo Branco, Graça Campos.
Outro projeto extremamente importante para a Educação de São Luís é o Correção de Fluxo Escolar em Alfabetização, que foi desenvolvido em diferentes unidades de ensino do Município, utilizando a tecnologia do Grupo de Estudo e Pesquisa em Alfabetização (GEEMPA), em uma perspectiva pós-construtiva, com o objetivo de garantir 100% dos estudantes alfabetizados ao longo de seis meses, de 2010 a 2014. Atualmente, o projeto configura-se como Programa Alfabetiza Maranhão na Rede Estadual e Municipal de Ensino.
Na U.E.B. Rubem Teixeira Goulart, Anexo II, a professora Raquel Indiara fortalece o projeto que busca a correção da defasagem idade/série, em que crianças - ao final da alfabetização - não conseguiam ler e escrever com êxito. "Dar espaço para a vivência dos estudantes foi uma das mudanças mais significativas. Realizamos diversas atividades culturais dentro e fora da escola. Isso teve impacto direto na aprendizagem e na disposição dos alunos. O projeto possibilitou o avanço da leitura e escrita, garantindo a alfabetização de 100% dos estudantes ao final do ano", garantiu Raquel.
Estiveram presentes ao evento, a secretária municipal da Criança e Assistência Social (Semcas), Andreia Lauande; o secretário municipal de Desportos e Lazer, Júlio França; a secretária de Estado Extraordinária da Juventude (SEEJUV), Tatiana Pereira; os vereadores José Joaquim e Ricardo Diniz; representantes dos Centros de Referência da Assistência Social (Cras) e outras instituições do sistema de garantia dos direitos da crianças e do adolescente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário