Todos por São Luís

quinta-feira, 30 de abril de 2015

Zé Inácio defende Lei de Ater e Agricultores Familiares


O deputado estadual Zé Inácio (PT) usou a tribuna na manhã desta quarta-feira (29) para cobrar do governador Flávio Dino e do secretário de Agricultura Familiar Adelmo Soares a criação do Projeto de Lei de “Política Estadual de Assistência Técnica e Extensão Rural para a Agricultura Familiar e Reforma Agrária (PEATER- MA) e o Programa Estadual de Assistência Técnica e Extensão Rural para a Agricultura Familiar e Reforma Agrária (PROATER-MA) no Estado do Maranhão. A indicação do Projeto de Lei foi entregue na Assembleia Legislativa também nesta manhã.
“A presente Indicação objetiva instituir a Política Estadual de Assistência Técnica e Extensão Rural para a Agricultura Familiar e Reforma Agrária no Estado do Maranhão, e o Programa Estadual de Assistência Técnica e Extensão Rural na Agricultura Familiar e Reforma Agrária no Estado do Maranhão. Os dados do censo de 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia Estatística – IBGE mostram que o Maranhão é o Estado que detém o maior percentual da população vivendo em áreas rurais”, destacou o deputado.
Ainda segundo Zé Inácio (PT), o agricultor familiar precisa de um apoio maior do Governo do Estado, principalmente, através da Secretaria de Agricultura Familiar. A Lei Federal nº 11.326/2006 também considera como agricultor familiar: o quilombola, o extrativista, o pescador, o silvicultor e o aquicultor. “São esses trabalhadores que formam o público da agricultura familiar no nosso Estado. Por isso, apresento Indicação, a esta Casa e que a mesma seja acatada como sugestão pelo chefe do nosso Poder Executivo, como uma importante ferramenta para organizar a Política Estadual de Assistência Técnica e Extensão Rural para Agricultura Familiar e Reforma Agrária do Estado do Maranhão”.
Jornada FETRAF - Ainda na manhã desta quarta-feira (29) o deputado Zé Inácio participou da 3ª Jornada Estadual de Luta da Agricultura Familiar e Reforma Agrária da Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura Familiar do Estado do Maranhão (FETRAF). A marcha saiu da praça Deodoro em direção ao Palácio dos Leões, onde uma comitiva reuniu-se com o governador Flávio Dino.
Zé Inácio como defensor dos trabalhadores e trabalhadoras rurais acompanhou a comitiva durante o encontro. Além do deputado estadual, estiveram presente o secretário de Estado da Agricultura Familiar Adelmo Soares, o secretário de Estado de Articulação Política Márcio Jerry, o Prefeito de Alcântara Domingos Araken e o vereador Honorato Fernandes.
Durante a reunião membros da FETRAF entregaram ao governador uma pauta com reivindicações objetivando o compromisso do governador Flávio Dino com o desenvolvimento da Agricultura Familiar.
O deputado Zé Inácio apresentou ao governador Flávio Dino suas indicações de Projeto de Lei para a implantação da Política Estadual de Assistência Técnica e Extensão Rural para a Agricultura Familiar e Reforma Agrária (PEATER- MA) e o Programa Estadual de Assistência Técnica e Extensão Rural para a Agricultura Familiar e Reforma Agrária (PROATER-MA). Ressaltando que no Maranhão existem quase 500 trabalhadores rurais e ainda segundo dados do IBGE, 36,9 dos 6,5 milhões de maranhenses não moram na zona urbana, o quê representa um universo de 2.427.640 pessoas em todo o Estado. “Diante desta situação, incontestavelmente a população rural do Maranhão é carente por implementação de políticas públicas de capacitação e assistência técnica que possibilite as comunidades rurais, assentamentos, aldeias e povoamentos rurais serem dotadas de conhecimentos técnicos e orientações científicas de produção e melhoramento da comercialização de seus produtos desenvolvidos nas unidades familiares de produção”.
A presidente da FETRAF Graça Amorim, solicitou ao governador a implementação das politicas públicas para o desenvolvimento da agricultura familiar.
Por sua parte, o governador Flávio Dino compromete-se na realização de grandes ações para melhorar a agricultura familiar do Estado, com o objetivo de alavancar a agricultura familiar, entre elas, a realização de feiras regionais e a realização de concurso público. “A agricultura familiar é uma das prioridades do meu governo, a partir de agora tem uma secretaria especifica para cuidar desta pasta”, disse o governador. 
Zé Inácio é o primeiro deputado estadual a defender o homem do campo (quilombola, o extrativista, o pescador, o silvicultor e o aquicultor).






Sedel esclarece os motivos do adiamento do início dos Jems 2015


Nota da Sedel

A Secretaria de Estado do Esporte e Lazer (Sedel) informa que o início das disputas da etapa metropolitana dos Jogos Escolares Maranhenses (JEMs), marcado para o próximo dia 02 de maio (sábado), foi adiado para o dia 09 de maio, em virtude da paralisação dos servidores públicos e da conseqüente falta de comunicação entre professores, técnicos e alunos das escolas públicas da região metropolitana.

Nota da Secom
A Secretaria de Estado do Esporte e Lazer (Sedel) informa que o início das disputas da etapa Metropolitana dos Jogos Escolares Maranhenses (JEMs), marcado para este sábado (2), foi adiado para o dia 9 de maio. Na manhã desta quarta-feira (29) já foram realizados os congressos técnicos para definição de grupos e tabelas dos jogos.

quarta-feira, 29 de abril de 2015

Primeira dama de São Luís entra no corpo a corpo para ajudar o marido...

Camila Vasconcelos usando seu carisma
A primeira dama de São Luís Camila Vasconcelos saiu do anonimato nos últimos meses e resolveu vir para o corpo a corpo nas ruas para tentar melhorar os índices de popularidade do seu marido, o prefeito Edivaldo Holanda Junior(PTC). Com  carisma e simpatia, sua marca registrada,  a primeira dama vem aparecendo com muita frequência em todas as ações da gestão da Prefeitura de São Luís.
Corre nos bastidores que foi uma sugestão de marqueteiro a sua participação mais ostensiva junto ao prefeito. Camila quando está acompanhando  o marido é sinal de carisma em dobro. Se tem algo que é indiscutível no casal é a simpatia e a facilidade que eles têm na relação e no corpo a corpo com a população. Nisso eles são imbatíveis!

Com o marido nas ações da prefeitura
Em tempo,  dentro dessa estratégia de marketing da assessoria de comunicação do prefeito (que tem como secretário o jornalista Batista Matos) foi uma decisão acertada em trazer o prefeito Edivaldo Holanda Junior (que antes era arredio as novas tecnologias da internet) para dialogar com a população através das redes sócias.

Prefeitura divulga balanço de atividades por ocasião do Dia Mundial da Educação

Melhorias na estrutura física dos prédios escolares, investimentos na formação de professores e no complemento à formação dos estudantes por meio da arte e da cultura, são alguns dos avanços alcançados na área de educação pela Prefeitura de São Luís. Os resultados foram apresentados pela Secretaria Municipal de Educação (Semed), nesta terça-feira (28), por ocasião do Dia Mundial da Educação.
“Em que pesem as dificuldades, temos conseguido avanços substanciais no que tange à melhoria da qualidade da Educação para nossos estudantes. A determinação do prefeito Edivaldo é não medir esforços para que avancemos ainda mais e que os bons resultados se estendam a todos da rede municipal de ensino”, disse o secretário municipal de Educação, Geraldo Castro Sobrinho.
Atualmente, mais de 30 prédios escolares recebem serviços de manutenção e requalificação estrutural. Os trabalhos incluem troca de forro de salas e corredores, reparos ou substituição total das redes elétrica e hidráulica, execução de serviços de acessibilidade em banheiros e outras dependências, pintura interna e externa, substituição de luminárias e ventiladores, entre outros serviços. As escolas recuperadas também recebem novas lousas e carteiras. 
Na última semana, a Prefeitura de São Luís oficializou a conclusão dos trabalhos em duas escolas da área da Cidade Olímpica. Na U.E.B. José Ribamar Bogéa, os serviços incluíram o combate a uma epidemia de pombos, resolvendo uma situação que já acontecia há oito anos na escola.
A U.E.B. Cecília Meireles, destruída por um incêndio ocorrido em outubro de 2014, quando a escola funcionava como seção eleitoral, foi entregue à comunidade completamente reformada. A Prefeitura de São Luís se prepara, ainda para entregar mais uma escola no Residencial Piancó, com capacidade para atender a mais de 500 alunos da área de Ensino Fundamental.
A Educação Infantil também contabiliza benefícios: exatos 2570 jogos pedagógicos foram distribuídos entre as escolas desse segmento de aprendizagem. O transporte escolar também recebe novos investimentos. Para garantir que o trajeto até a escola aconteça de forma segura e confortável, o prefeito Edivaldo entregou este mês mais 19 micro-ônibus escolares, adquiridos por meio do programa Caminho da Escola, do governo federal. Com essas novas aquisições, a frota para atender aos estudantes da zona rural chega a 74 veículos.
MAGISTÉRIO
A Prefeitura de São Luís avançou também no que diz respeito à política de valorização dos profissionais do magistério. No dia 20 de março, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior anunciou oficialmente o reajuste de 13,01% para toda a categoria de professores, retroativo a fevereiro. A iniciativa beneficia mais de cinco mil professores e mantém os vencimentos dos professores da rede municipal acima do piso nacional para a categoria. Também foram concedidas aposentadorias a 345 professores.


Governador lança Jogos Escolares Maranhenses com participação recorde


Foto1_NaelReis - Lançamento do JEMs
Estudantes e atletas de todo o estado lotaram o Ginásio Castelinho para prestigiar, na tarde desta terça-feira (28), o lançamento da 43ª edição dos Jogos Escolares Maranhenses (JEMs), que neste ano bate o recorde de participação, envolvendo 50 mil estudantes de 1600 escolas do estado. A solenidade, presidida pelo governador Flávio Dino e que contou a com a presença de vários atletas maranhenses e do ex-jogador da seleção brasileira de futebol e maior ídolo do Flamengo, Arthur Antunes Coimbra, o Zico.
A convite da Secretaria de Estado do Esporte e Lazer (Sedel), a participação de Zico selou a grandiosidade da competição maranhense, que neste ano alcança crescimento de 50% no número de adesões em relação ao ano passado, com 96 municípios inscritos na disputa que terá como tema “Esporte e Lazer para Todos”.
“Ao fazer este lançamento estamos demonstrando a importância que nós damos para a política pública do esporte, na medida em que incentivamos o esporte comunitário, o esporte educacional, os bons valores de cidadania e as boas práticas educacionais. O esporte também tem a dimensão do alto rendimento, precisamos descobrir novos talentos para integrar as seleções maranhense e brasileira”, destacou o governador.
 
O governador Flávio Dino ressaltou o exemplo de Zico como inspiração para os 50 mil estudantes que participarão dos Jogos, ao que o ídolo do futebol reforçou, relatando sua história de superação, dedicação e empenho.
Foto2_NaelReis - Lançamento do JEMs“É um prazer estar aqui e torço realmente para que esses atletas que participarão desses jogos aproveitem a oportunidade. Talvez eles não tenham noção do que isso possa representar na vida deles no futuro, então devemos dar palavras de apoio e motivação, para que no futuro o Maranhão possa levar estes atletas com nível para as competições nacionais. Estão de parabéns o governador Flávio Dino e o secretário Márcio Jardim pela grandiosidade e importância da competição”, apontou o craque, que peregrina por todo o país, incentivando a realização de jogos estudantis como ferramenta de formação de novos talentos.
 
O titular da Sedel, Márcio Jardim, destacou o momento político que o Maranhão vive, de resgate do JEM’s como momento importante no calendário do esporte maranhense. “Estamos realizando o resgate do JEM’s, um JEM’s de integração e de participação popular”, defendeu o secretário, que vê no lançamento um momento de integração entre escolas, atletas e governo, sendo, também, um espaço de consolidação do significado dos jogos.
 
O prefeito Edivaldo Holanda Júnior elogiou a iniciativa do governo do Estado em fortalecer o JEM’s. “São Luís também sedia este grande evento, que é um momento tradicional no calendário esportivo do estado e muito importante para juventude do Maranhão. O fomento à prática esportiva pelo governo do Estado é de grande valor na formação dos nossos jovens e no aperfeiçoamento das habilidades de nossos atletas”, disse.
 
Também participaram do evento, os esportistas maranhenses Iziane Castro, jogadora de basquete, o lutador, Rei Zulu, o nadador Frederico Castro, o corredor José Carlos – o Codó –, o enxadrista Rafael Leitão e os ex-jogadores de futebol Paulo César e Cléber Pereira. O vice-governador Carlos Brandão, o presidente da Federação dos Municípios do Maranhão (Famem) e prefeito de São José de Ribamar, Gil Cutrim, os deputados estaduais Sérgio Frota (PSDB), Rafael Leitoa (PDT) e GlalbertCutrim (PRB), o diretor da escola Liceu Maranhense Deusivan Sampaio, vários secretário municipais de esporte, o jogador de handebol Alberto Jorge, que participará do JEM’s estiveram presentes na mesa de abertura do JEM’s 2015.
 
Como resultado da política do governo, que visa expandir suas ações para todo o Maranhão, os JEM’s 2015 alcançaram a maior adesão já registrada na história dos jogos, com 96 municípios participantes, grande aumento, quando comparado ao último ano, com 64 municípios participantes.
 
A competição de 2015 contará com a participação inédita de 23 municípios e 11 cidades que integram a lista das 30 cidades de menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH): Afonso Cunha, Água Doce do Maranhão, Aldeias Altas, Amapá do Maranhão, Belágua, Cajari, Milagres do Maranhão, Pedro do Rosário, São João do Sóter, São Raimundo do Doca Bezerra e Serrano do Maranhão.
 
Cronograma
 
Os Jogos Escolares Maranhenses são compostos de quatro etapas (Municipal/Metropolitana, Regional, Estadual e Nacional) que comportam 22 modalidades disputadas nas categorias infantil (12 a 14 anos) e infanto (15 a 17 anos). A primeira etapa (Metropolitana) envolve apenas as instituições de ensino de São Luís, São José de Ribamar, Raposa e Paço do Lumiar e será iniciada no dia 2 de maio. Nesse mesmo período, cada município que aderiu aos JEM’s realiza seus jogos municipais.
 
A segunda etapa da competição corresponde à etapa Regional, que ocorrerá em seis cidades do Maranhão, no mês de julho: Passagem Franca, São Mateus do Maranhão, Imperatriz, Caxias, São Domingos do Maranhão e Pinheiro. Já a etapa Estadual, que acontece tradicionalmente em São Luís, será realizada entre os meses de agosto e setembro, e os vencedores dessa etapa seguem para os Jogos Escolares da Juventude (etapa nacional).

Júlio França toma posse na Semdel


O novo secretário municipal de Desportos e Lazer de São Luís, Júlio França tomou posse hoje (28), na sede da Prefeitura de São Luís. Ele substitui o secretário Jerry Abrantes que faleceu no dia 11 de abril.
Júlio França é o quarto secretário de Esporte na gestão de Edivaldo Holanda Júnior (PTC). Antes passaram Raimundo Penha, Olímpio Silva e Jerry Abrantes. O principal desafio do novo secretário será a modernização do Estádio Nhozinho Santos.
Para o prefeito Edivaldo, o novo titular da pasta terá pela frente o desafio de dar continuidade a projetos iniciados na gestão de Jerry Abrantes. São projetos em andamento junto ao governo federal.
“Fica o nosso reconhecimento, nosso e da cidade, pelo trabalho do companheiro Jerry”, afirmou Edivaldo.
Blog do Zeca Soares

terça-feira, 28 de abril de 2015

Astro recebe pedido para ajudar na Festa do Divino de Alcântara


“Falar do festejo do Divino é falar de Alcântara e falar de Alcântara é falar do festejo do Divino. São entrelaçados e um complementa o outro”. A  frase foi proferida pelo presidente da Câmara Municipal de São Luís, Astro de Ogum, na manhã desta terça-feira (28), ao receber, em sua residência, o diretor de Cultura da Cidade de Alcântara, Valdecy Onildo Coelho e Kátia Maria dos Anjos Pereira, integrante da comissão organizadora daquele festejo secular religioso, que foram lhe pedir apoio para a realização do evento deste ano, que vai de 13 a 25 de maio.

Valdecy e Kátia destacaram que buscaram apoio de Astro de Ogum pelo fato dele, além de ser presidente de honra da Federação das Entidades Folclóricas e Culturais do Estado do Maranhão (FEFCMA), destacar-se como um dos maiores incentivadores culturais  do Estado e, ainda, pela incerteza quanto ao incentivo que será dado pelo governo do Estado, através da Secretaria de Cultura.

Se mostrando decepcionados, Valdecy e Kátia relataram que, no dia 18 de março deste ano, representantes da Associação Cultural e Religiosa de Alcântara (Acra), estiveram reunidos com a secretária de Cultura, Ester Marques, buscando entendimentos sobre o apoio financeiro do Estado para com o festejo, mas foram surpreendidos com a resposta da dirigente cultural, ao lhes afirmar que a festa de Alcântara não terá privilégios, e que todo festejo referente ao Divino teria apoio padronizado.

A resposta de Ester Marques, conforme declaração de Valdecy, acendeu uma luz de alerta entre os coordenadores do festejo alcantarense. Eles entendem que correm  o risco do festejo ser inviabilizado este ano, após séculos de realizações, o que seria um desastre para a cultura popular do Maranhão.

“Estamos aqui, vereador, pedindo o seu apoio, porque ficamos temerosos da festa não ser realizada. O festejo do Divino de Alcântara, segundo estudiosos, data do século XVIII,  maior referência nesse segmento no Estado, é histórico pela sua própria natureza, e claro que merece um tratamento diferenciado, pela sua força e  também por ser um dos movimentos de maior atração turística do Maranhão, sendo fonte gerador de renda-, assinalou Valdecy Onildo.

Como o Estado não estabeleceu qualquer possibilidade de ajuda dentro das expectativas dos seus organizadores, o festejo do Divino  está ameaçado de não ser realizado e esse é o grande temor da comunidade alcantarense.

Após ouvir a explanação de Kátia e Valdecy, Astro de Ogum anunciou que estará nesta sexta-feira na cidade para conversar com a comunidade envolvida no evento, e destacou que: “A festa do Divino Espírito Santo de Alcântara tem um significado muito forte. Já deixou de ser uma festa para ser uma obrigação.  Deixar de realizar esse festejo é como matar a cultura popular do Maranhão.  Estarei lá, na sexta-feira, com uma equipe e farei tudo o que estiver ao meu alcance para que esse forte sopro de nossa cultura não se apague”, destacou.
Da Assessoria



Deputado Zé Inácio participa do Encontro Municipal do PT em Chapadinha


O deputado Zé Inácio (PT) participou do Encontro Municipal Preparatório e Congresso do PT no município de Chapadinha. Na pauta foi discutida a conjuntura política Nacional Estadual e Municipal.
 O evento que também contou com a presença de outros filiados, como os vereadores locais, Manin do PT, Eduardo Braga PT, Antônio Odilom do PRB. Além de representações municipais, estiveram presente a prefeita de Urbanos Santos Iracema Vale, prefeito de Belágua Adalberto Rodrigues, o ex prefeito de Brejo Zé Farias, o quê caracterizou como um Encontro Regional.

Para o parlamentar, o Encontro Municipal Preparatório é um momento em que os filiados discutem as pautas locais com perspectivas para o Congresso Nacional. “Esse encontro aqui em Chapadinha é uma prévia para o nosso congresso que irá acontecer em Salvador em junho. Um momento em que podemos discutir assuntos pertinentes da realidade municipal, regional e nacional”, disse Zé Inácio. 

Os Encontros municipais discutem a pauta do 5º Congresso Nacional do PT será realizada entre os dias 11 e 14 de junho em Salvador (BA). que inclui a analise sobre o cenário brasileiro, a organização, a construção partidária e perspectivas.  Este encontro será demarcador de uma nova faze do Partido dos Trabalhadores, no qual o Partido atualizara o seu manifesto de fundação e definira a sua forma de organização.
A pauta vai priorizar a atualização do projeto partidário e o aprimoramento da sua organização interna, como o aperfeiçoamento do Processo de Eleições Diretas do partido, que inclui a discussão sobre novas formas de para a sua direção.
Além disso, as discussões abrangerão temas referentes à melhoria na qualidade de vida do brasileiro, estratégias eleitorais, atualização do projeto petista no Governo Federal, o cenário internacional, entre outros assuntos.
Fonte: Assessoria


Othelino Neto recebe secretários e discute isenção de impostos a empresas de ferry-boats

O 1º vice-presidente da Assembleia Legislativa, deputado Othelino Neto (PCdoB), recebeu, na tarde desta segunda-feira (27), na Sala de Reuniões da Presidência, o secretário de Estado da Fazenda do Maranhão, Marcellus Ribeiro Alves, e o presidente da Agência Estadual de Mobilidade Urbana (MOB), José Arthur Cabral. Em pauta, a questão das empresas que fazem o transporte marítimo no trecho Ponta da Espera/ Cujupe e vice versa, a Internacional Marítima e a Serv Porto, que são isentas de impostos estaduais e municipais.
O deputado Othelino Neto destacou a mudança positiva de comportamento do Poder Executivo, em comparação ao governo anterior, “pois ter um secretário de Fazenda e um presidente da MOB participando e discutindo as alternativas de melhorias dos serviços de ferryboat já é um grande avanço”.
O deputado também falou sobre a isenção indevida de tributos, concedida no governo anterior, para as empresas que realizam o transporte via ferryboat, não apenas para o tráfego de passageiros, como também para aquisição de combustível. “Pedi ao governo que fizéssemos uma discussão para que possamos analisar a possibilidade de dar um basta a esses benefícios”, explicou.
Segundo ele, o fundamental é que o cidadão que utiliza este tipo de transporte tenha bons serviços e seja respeitado enquanto consumidor. “Percebemos que o Estado tem um amplo programa de recuperação tributária, então,  por que não atacar essa concessão que é injusta e indevida para duas empresas que têm lucros excessivos e prestam péssimo serviço à população?”, questionou o parlamentar.
Othelino Neto disse que solicitou ao secretário de Fazenda, e este atendeu prontamente, que fosse feito o cálculo de quanto o Estado deixou de arrecadar com essa a isenção de imposto às empresas operadoras de ferry.
Só no ano passado, segundo Othelino, cerca de um milhão e oitocentos mil passageiros utilizaram os serviços de ferryboat, já a soma dos veículos transportados chega a trezentos mil. “Se transformamos isso em reais, teremos valores elevados e que certamente implicariam em arrecadações importantes, quanto mais para um Estado tão pobre como o Maranhão”, acentuou o deputado.
LICITAÇÃO
O presidente da Agência Estadual de Mobilidade Urbana, José Arthur Cabral, afirmou  que o Governo do Estado está se mobilizando para licitar a concessão dos serviços que, segundo ele, nunca houve. “O que existe hoje é uma situação precária das duas empresas que operam um serviço de alta relevância, pois são atendidos quase dois milhões de passageiros por ano”, pontuou.
Além disso, ressaltou que, a convite da Assembleia Legislativa, por meio do deputado Othelino Neto, estão conversando sobre aspectos importantes até a publicação do edital, a exemplo da atual isenção tributária total tanto no serviço de óleo diesel quanto na prestação de serviços de transportes de passageiros e de cargas.
Sobre a questão das tarifas, José Arthur informou que atualmente são cobrados RS 11 para passageiro e quanto aos veículos os valores são variados e bastantes elevados. “Estamos avaliando a ideia de eliminar as isenções fiscais e o impacto dentro do custo total da operação e nós temos que fazer isso antes da publicação do edital”, adiantou.


segunda-feira, 27 de abril de 2015

Vereador Gutemberg quer redução do ISS para empresas da área de saúde


Com objetivo de conseguir uma redução no ISS em 60% para as empresas que atuam na área de saúde no município de São Luís, o vereador Gutemberg Araújo (PSDB) apresentou uma emenda modificativa ao Projeto de Lei nº 075/2014, aprovada pelo plenário da Câmara Municipal, encontrando-se a espera de um posicionamento por parte do Executivo, relativo a sua sanção.
A proposta do vereador tucano visa alcançar as empresas que comprovadamente trabalham na área de saúde e congêneres, concedendo benefícios tributários como a redução do IPTU, ITBI, taxas de licença para funcionamento e localização de estabelecimento; de publicidade; de revisão e alinhamento do imóvel objeto e ISS.
Convém ressaltar que o projeto inicial encaminhado para o Legislativo Municipal previa os benefícios apenas para as empresas a serem instaladas ou ampliadas. Já com a emenda modificativa de autoria de Gutemberg Araújo serão incluídas as que já estejam implantadas.
O parlamentar social democrata acrescenta que a ampliação dos benefícios visa tornar o mercado ludovicense da área de saúde mais atrativo a implantação de mais empresas desses segmentos, proporcionando um aumento na oferta de serviços e a concorrência, acarretando na redução de preços e ampliação dos serviços.
Situação preocupante
Há algumas décadas o Maranhão vivenciava uma situação preocupante em relação a saúde, a falta de incentivos à implantação de empresas que atuassem nessa área e o alto custo proveniente de carga tributária vigente, que acabavam inibindo os empresários da área a buscarem investir no Estado.
Com o advento da Lei nº 3.758/98 esse quadro teve uma significativa melhora, possibilitando às sociedades civis o pagamento do ISS em valor individual e fixo para cada sócio ou empregado. Essa medida acarretou a redução da carga tributária destas empresas no Estado, e abriu as portas para a realização de investimentos no setor.
Profissionais beneficiados
Medicina e biomedicina/ Análises clínicas, patologia, eletricidade médica, radioterapia, quimioterapia, ultra-sonografia, ressonância magnética, tomografia e congêneres/ Hospitais, clínicas, laboratórios sanatórios, manicômios, casas de saúde, pronto-socorros, ambulatórios e congêneres/ Instrução cirúrgica/ Acupuntura/ Enfermagem, inclusive serviços auxiliares/ Serviços farmacêuticos/ Terapia ocupacional, fisioterapia e fonoaudiologia/ Tarapias de qualquer espécie destinadas ao tratamento físico, orgânico e mental/ Nutrição/ Obstetrícia/ Odontologia/ Próteses sob encomenda/ Psicanálise/ Psicologia/ Casas de repouso e de recuperação, creches, asilos e congêneres/ Coleta de sangue, leite, pele, olhos e materiais biológicos de qualquer espécie/ Unidade de atendimento, assistência ou tratamento móvel e congêneres/ Planos de medicina de grupo ou individual e convênios para prestação de assistência médica, hospitalar, odontologia e congêneres/ Outros planos de saúde que se cumpram através de serviços de terceiros contratados, credenciados, cooperados ou apenas pagos pelo operador do plano mediante indicação do beneficiário.

Deputado Wellington do Curso se reúne com a Comissão de Professores Excedentes


O professor e vice-presidente da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa, deputado Wellington do Curso (PPS), esteve reunido na tarde desta segunda-feira (27) com a Comissão de Professores Excedentes do Concurso de 2009 para discutir sobre os aspectos jurídicos que permeiam a possibilidade de se convocar os excedentes.

A reunião contou com a presença dos professores, da Procuradoria do Estado, representada pela dra. Gabriela Abdala; do assessor jurídico da Secretaria de Estado da Educação, João Moraes; do secretário-adjunto da Secretaria de Estado da Educação, Williandkson Azevedo; representante da Secretaria de Gestão e Previdência, Daniel Araújo; do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica das Redes Públicas Estadual e Municipais do Estado do Maranhão- SINPROESEMMA, Raimundo Oliveira, além dos deputados Roberto Costa (PMDB) e Stênio Rezende (PRTB).

Na oportunidade, Wellington do Curso, que tem se destacado em defesa da educação, ouviu os posicionamentos  sobre a definição da questão jurídica do processo que está em curso, e aproveitou para  enfatizar a necessidade de celeridade no processo.

"Ante o déficit de professores em nosso Estado, é imprescindível que se frise a celeridade nos aspectos jurídicos que permeiam a possibilidade de se convocar os excedentes. Tivemos uma audiência pública na última quarta-feira (22) e ouvimos os anseios dos professores e os posicionamentos da Secretária de Educação do Estado, além da Promotoria e procuradoria. Ressalta-se aqui, mais uma vez, não a mera convocação de candidatos, mas a ênfase na apreciação da expectativa de direito dos excedentes, bem como a imprescindibilidade de se ressaltar o instrumento mais eficaz na transformação de realidades: a Educação", destacou.
Fonte: Assessoria

Reitor Natalino Salgado e Diretora do CCBS Nair Portela se reúnem com cúpula da Segurança

Encontro tratou sobre a necessidade de policiamento mais ostensivo na área que abrange a Faculdade de Medicina, o Largo dos Remédios e o Hospital Universitário
Quem costuma transitar pelo Centro de São Luís, especificamente no entorno da Camboa e Praça Gonçalves Dias, sabe que a segurança no local dá margem à ação de diversos tipos de delitos, com destaque para assaltos contra profissionais e estudantes da área de saúde, que são os principais alvos por uma razão lógica: é nesse setor que estão instalados o Hospital Universitário Presidente Dutra e a Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Maranhão. Há, ainda, a Igreja dos Remédios, uma das mais tradicionais da capital maranhense e que costuma atrair muitos fieis nas missas, sobretudo aos domingos.
Por conta da situação, o reitor Natalino Salgado e a diretora do Centro de Ciências Biológicas e da Saúde, Nair Portela, mediaram, na última sexta-feira, uma reunião com a cúpula da Secretaria de Segurança Pública e acadêmicos de medicina e enfermagem, além da superintendente do Hospital Universitário, Joyce Lages, e do pároco da Igreja dos Remédios, padre Antonio José Ferreira Soares. O encontro serviu para, em conjunto, mobilizarem setores que cuidam da segurança do município e do Estado em torno da discussão e da criação de ações que coíbam os assaltos e outros tipos de delitos que costumeiramente acontecem na região. “Temos uma grande concentração de pessoas nessa área, de estudantes a funcionários do Hospital Universitário e isso chama a atenção de bandidos. Por essa razão temos participado de diversas reuniões para debater a segurança”, destacou a superintendente do HU, Joyce Lages.
O secretário Jefferson Portela afirmou que a situação não é desconhecida da Secretaria de Segurança do Estado. De acordo com ele, apesar de muitas vítimas não fazerem o registro formal, o Boletim de Ocorrência, é de conhecimento do órgão os casos de assaltos na área. “Hoje vivemos em uma situação de segurança precária, em todo o Maranhão, resultado de políticas anteriores. Apesar disso, não nos furtamos ao trabalho de resolver situações atuais, como é o caso em discussão. Estamos corrigindo falhas e elaborando ações que coíbam a marginalidade”, enfatizou.
O secretário destacou que na área do Centro da cidade há um intenso processo de favelização e que há muitas questões sociais a serem resolvidas. “Apesar disso, não podemos deixar de agir para resolver o problema de segurança. Temos que criar mecanismos de ação que atinjam diretamente o alvo”.
Sobre o tema, o coronel Pedro Ribeiro, da Polícia Militar, afirmou que já existem projetos sendo executados. “Há uma intensificação no policiamento e essa é uma ação de resposta. Além disso, estamos analisando todas as situações para buscar alternativas de resolução do problema”, disse ele.
Efetividade - O delegado Geral da Polícia Civil, Augusto Barros Neto, revelou que, além das ações que já estão em execução, há outras a serem executadas, com datas confirmadas, e outras mais a serem planejadas. “Estamos respondendo de forma imediata e pontual, mas também iremos desenvolver estratégias para outras operações. Algumas demandam colaboração entre Estado, Município e Universidade, visto que a segurança é uma área complexa”.

A diretora do Centro de Ciências Biológicas e da Saúde, Nair Portela, destacou que é muito importante perceber que o esforço da comunidade acadêmica, de funcionários do Hospital Universitário e da Igreja, além dos moradores, tem gerado resultados positivos. “Se não houvesse a mobilização em torno da realização de reuniões como essa, as ações que já estão sendo executadas não existiriam, tampouco seriam pensados planos para coibir os delitos que ainda vem ocorrendo aqui na região. Agora temos que acompanhar”.
O representante do Centro Acadêmico de Medicina Antônio Rafael (CAMAR), Luiz Amorim Neto, disse entender a complexidade que envolve o setor de segurança, mas que é necessário que sejam dadas respostas imediatas à comunidade, em forma de ações efetivas, visto que os casos de assaltos são permanentes. “Percebemos um aumento no número de policiais, mas há uma grande desesperança por parte da comunidade. Queremos que sejam dados prazos para a execução das ações que serão planejadas”, disse.
O reitor da Universidade Federal do Maranhão, Natalino Salgado, corroborou com a ideia do acadêmico. “Sabemos que há muitas reuniões ainda a serem realizadas e ficamos satisfeitos com a disponibilidade da cúpula de Segurança do Estado, mas seria ideal criamos um cronograma de ações para apresentarmos à comunidade”, ressaltou.


Prefeitura e Governo do Estado iniciam Semana de Saúde na Escola

Estudantes da rede municipal recebem, ao longo desta semana, avaliações nutricionais e orientação de profissionais incentivando hábitos saudáveis de alimentação. A ação faz parte das atividades da 4ª edição da Semana Nacional de Saúde na Escola, lançada na manhã desta segunda-feira (27) pela Prefeitura de São Luís e pelo governo do Estado e se estenderá até dia 30 de abril. A programação da Semana também inclui atividades de promoção da saúde bucal.
Para o secretário municipal de Educação, Geraldo Castro Sobrinho, a realização da Semana é mais uma ferramenta de garantia de bem-estar e qualidade de vida para os estudantes. "A alimentação saudável e a saúde em dia sem dúvida influenciam na aprendizagem. Por isso temos investido em atividades que colaboram para manter o bem-estar e a qualidade de vida dos nossos estudantes, na perspectiva da atenção integral aos estudantes defendida pelo nosso prefeito Edivaldo", disse Geraldo.
Com o tema "Alimentação Saudável", a semana é de iniciativa do governo federal em parceria com estados e municípios e integra as atividades do Programa Saúde na Escola (PSE). Na Prefeitura de São Luís, o PSE é desenvolvido por meio de uma articulação entre as secretarias de Saúde (Semus) e Educação (Semed).
Como parte da programação da Semana, gestores das unidades escolares das redes municipal e estadual de ensino participaram de um seminário de mobilização, realizado no auditório do Liceu Maranhense.
ALIMENTOS
Além das ações de promoção de alimentação saudável que serão desenvolvidas nas unidades de ensino, a Prefeitura de São Luís também investe na complementação da merenda escolar com gêneros produzidos por agricultores locais.
Uma articulação entre secretarias municipais de Educação (Semed), Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa) e Segurança Alimentar (Semsa) possibilitaram a entrega de 18 gêneros alimentícios diferenciados, em complementação à merenda escolar de Unidades de Educação Básica (U.E.B.) de São Luís.
Maxixe, quiabo, vinagreira, laranja, mamão, banana e abóbora são alguns dos itens adquiridos com recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) e que já reforçam a merenda nas escolas.
A superintendente da área de Apoio ao Educando da Semed, Samira Simas, explicou que a iniciativa ajudará as escolas a trabalhar os hábitos alimentares de maneira pedagógica. "Além dos alimentos que já compõem a merenda escolar, estamos adicionando folhagens e frutas colhidas na semana. É uma complementação que ajudará a tornar a merenda ainda mais balanceada e nutritiva", disse Samira.

Fonte: Assessoria


Indicação de Roberto Rocha Jr. visa garantir mais segurança aos usuários de estacionamentos privados da capital

O vereador Roberto Rocha Júnior (PSB) encaminhou nesta segunda-feira (27), indicação encaminhada ao governo estadual, solicitando que o Procon-MA vete a fixação de textos, cartazes ou placas com avisos que isentam os donos de estacionamentos privados de se responsabilizarem por furtos, roubos, ou outros danos causados aos veículos dos clientes.
Na indicação, o parlamentar pede ainda que os avisos sejam substituídos por outros, informando que o estabelecimento se responsabiliza pela integridade dos veículos, bem como pelos objetos deixados dentro deles.
A solicitação do parlamentar vai ao encontro da súmula 130 do Superior Tribunal de Justiça (STJ) que afirma que “a empresa responde perante o cliente pela reparação de danos ou furtos de veículos ocorridos em seu estacionamento”.O vereador destaca ainda que o próprio Código de Defesa do Consumidor (CDC), em seu art. 14,assegura que o dono de estacionamento privado tem a obrigação de se responsabilizar e zelar pela segurança do cliente, bem como por qualquer dano causado a ele ou ao seu veículo, independentemente da existência de culpa.
A utilização de placas informando que o estacionamento não se responsabiliza por objetos deixados dentro dos veículos dos clientes, configura um verdadeiro desrespeito ao consumidor. A lei é muito clara quando afirma que todos os estabelecimentos que de alguma forma lucram com vagas em estacionamentos privados, têm a obrigação de indenizar o consumidor caso algum dano aconteça a ele ou ao seu patrimônio. Ora, se o consumidor opta por um estacionamento privado, ele quer ter a certeza de que ele e seus objetos estão em segurança e nenhuma empresa pode se isentar desta responsabilidade”, disse.
A indicação de Roberto Rocha Júnior foi aprovada por unanimidade por todos os vereadores presentes na sessão e encaminhada ao governador.

Fonte: Assessoria


Atitude republicana - Flávio Dino diz que os “Leões” ficarão de fora do processo eleitoral de 2016

O governador Flávio Dino anunciou que os “Leões” ficarão de fora do processo eleitoral de 2016. A atitude do chefe do poder executivo do Maranhão é republicana. É exatamente o que esperamos de um governador que  foi eleito com discurso de mudança. Claro que o cenário  não ameaça o domínio político do grupo do governador. Isso com todos os candidatos a prefeito da capital, com potencial chance de vencer as eleições, sendo  oriundos da jaula dos Leões. Que é o mais provável.
Não tem como não dizer que Flávio Dino(PCdoB) mudou o tom do discurso sobre as eleições da capital.  No aniversário de Eliziane Gama(PPS), (mesmo contrariando as manifestações de apoio explicito à deputada do PPS por meio de correligionários) Dino foi taxativo - ela daria uma boa vice para Edivaldo Holanda Junior(PTC). Agora no evento da juventude do PPS ele falou abertamente que não iria se meter na eleição. Para Eliziane sem dúvida, é um grande avanço.
Essa mudança do governador a quem diga que seja fruto de pesquisas internas sobre o processo eleitoral que o grupo vem fazendo sobre os nomes que estão no jogo para prefeito de São Luís em 2016...



Entrevista - Carlos Brandão diz que PSDB terá candidatura própria a prefeito de São Luís em 2016

Considerado um dos mais habilidosos políticos do Maranhão, Carlos Brandão (PSDB), concedeu uma entrevista exclusiva. O presidente do Ninho Tucano no Maranhão falou sobre a sua missão no governo Flávio Dino, a participação do seu partido e principalmente sobre as relações político-partidárias internas e externas da legenda que ele comanda no estado.
A nível de governo, Brandão aponta avanços e destaca principalmente a moralidade dos recursos públicos, mas destaca melhorias na educação, agricultura e outros setores. O vice-governador ainda revela que não tem apenas um cargo no governo, mas desempenha ações orientadas pelo governador, que passam inclusive pela articulação política.
Brandão ainda fala sobre a sucessão municipal e diz qual será o papel do PSDB na disputa de 2016, assim como o que ele pensa para 2018.
Confira na íntegra a entrevista:
Diego Emir – Brandão, hoje como é a relação entre o vice-governador e o governador Flávio Dino?
Carlos Brandão – Muito boa. Sempre esteve. Primeiro que temos uma amizade antiga e nosso relacionamento vem se mantendo muito bom. Eu tenho recebido várias missões do governo. Tenho ajudado a administrar o governo junto com o Flávio Dino. Dessa forma acredito que um vice-governador com uma série de demandas, demonstra uma confiança por parte do governador. Eu e Flávio conversamos todos os dias. Nunca tivemos nenhum problema nesses meses de governo.
Quais são essas missões?
As missões são em relação ao trabalho em algumas secretarias, quando ele precisa de um reforço ele nos pede um apoio, pois existem algumas ações do governo em que o secretário não está desempenhando a contento e então ele nos chama para ajudar, assim fortalece a ação do governo. Não existe área especifica. As vezes é uma ação nova como essa que fui aos Estados Unidos. Então de acordo com as minhas aptidões e com o feeling do Flávio Dino, eu recebo a orientação, ‘toca isso Brandão’.
O PSDB acabou ocupando apenas uma secretaria no governo. O senhor acha que seu partido já está bem contemplado?
Houve uma disputa muito grande pela vice-governadoria e o PSDB ficou com esse cargo. Eu tenho colocado o seguinte, o Neto Evangelista ficou como secretário, mas inúmeros colegas de partido também estão ocupando cargos em outras secretarias. Não necessariamente secretários, mas adjuntos e outras posições. Hoje temos muitos membros do partido já trabalhando no governo, existem outros que ainda não foram, mas estamos trabalhando para que eles sejam contemplados com espaços.
Em relação ao posicionamento do Flávio Dino em criticar algumas posturas do PSDB e fazer uma defesa exacerbada em relação a presidente Dilma. Como o senhor reage?
Todos os governadores estão buscando apoio do governo federal. Então é natural essa aproximação. Outro dia, os governadores Marcone Perillo e Artur Virgílio fizeram uma grande recepção para a presidente Dilma. Afinal, eles precisam do governo federal. Eles não podem romper essa relação. O governador Geraldo Alckmin tem inúmeros projetos com o governo federal, isso desde o presidente Lula. O próprio Aécio Neves trabalhou em sintonia com o governo federal. Você não pode fechar porta. O Flávio Dino vem abrindo, já trouxe sete ministros ao Maranhão. Então se ele não se posicionar de forma aberta ao governo, como é que ele vai trazer recursos para o nosso estado? Nós encontramos um estado em uma situação difícil e o Flávio Dino tem de fazer gestos para a presidente Dilma. O próprio João Castelo quando era prefeito, dizia ser fã da presidente Dilma, pois ele obteve muitos recursos do governo federal. Na campanha, metade dos partidos apoiava a Dilma e a outra o Aécio, e não houve campanha ostensiva para nenhum dos dois lados. Dessa forma é natural entender que o Flávio Dino faz confete para presidente Dilma, aguardando o repasse de recursos federais.
Imaginando que em 2018, o Flávio terá que fazer palanque para o candidato do PT e o senhor para do PSDB. Como vai ficar a relação de vocês?
A gente não sabe. Não é possível já fazer esse prognóstico. Até por que, sinceramente a gente não tem a segurança que o PT vai ficar com a gente. O comando partidário do PT é muito ligado ao grupo Sarney. Eu acredito que Flávio vai manter uma eleição suprapartidária. A eleição tá muito longe. Vamos aguardar.
Pegando um cenário mais próximo. Como vai ficar em 2016? Afinal em vários municípios o PSDB terá candidatos e o PCdoB também terá. Como fica o comportamento de vocês?
Nós temos municípios que tem 3 ou 4 grupos que apoiaram Flávio Dino, então é bem provável que o governador não se meta nessas disputas. O Flávio vai respeitar as posições partidárias. Por exemplo em São Luís. O Flávio é aliado do Edivaldo. É aliado da Eliziane. É aliado do Pinto e do Neto. Então se ele for tomar partido, ele vai acabar ganhando adversário e correndo o risco de serem impostas derrotas. São grupos diferentes, ele não vai se meter. Vai que Eliziane Gama ganha a eleição, aí ele vai ganhar uma adversária de graça, se a Eliziane ajudou ele. O Flávio já disse que só vai falar de política em agosto de 2016, que não vai se meter nessas questões de coligações. Onde não tiver 2 ou 3 candidatos, ele vai, como por exemplo Tuntum e Caxias. Em Imperatriz, ele não deve se meter na disputa. Onde tiver bola dividida, acredito que ele não vai entrar.
E o que PSDB vem pensando para disputa em São Luís?
Nós estamos nos preparando para ter uma candidatura própria em São Luís, assim como em vários municípios.
Nas últimas quatro eleições para prefeito de São Luís, o Castelo disputou a eleição. Ainda existe essa possibilidade em 2016?
Conversei recentemente com o Castelo em Brasília e ele me disse que não pensa em disputar a prefeitura, assim como sua filha ou esposa. Então abriu a janela para outras candidaturas como o Pinto Itamaraty, o Neto Evangelista que está no governo, mas que tem um pré-compromisso com Flávio, mas estamos aguardando se essa norma será cumprida, a principio o Neto tem esse compromisso com o Flávio de não sair candidato e temos também o Sérgio Frota, que demonstrou interesse em disputar a prefeitura. O candidato será decidido democraticamente, cada um vai buscar se viabilizar.
Existe a possibilidade de outros nomes serem apresentados pelo PSDB como candidatos, assim como Luís Fernando ou Eliziane Gama?
Nunca conversamos sobre esse assunto com os dois. O PPS hoje está com o PSB. Nossa conversa com o PPS nunca andou, talvez lá na frente, ande.
O PSDB pode vir apoiar algum nome na disputa?
Não. Nós vamos lutar pela candidatura própria. Só se não tiver viabilidade. Temos quadros.
Sobre a situação de Castelo no PSDB. É verdade que existe uma insatisfação por parte dele em relação ao partido?
Vou explicar o que aconteceu. A esposa do Castelo, comandou por 16 anos o diretório municipal de São Luís, muito bem e com excelência. No inicio do ano, o Castelo e a Gardênia me falaram que não tinham mais interesse em presidir a legenda. E aí começou a surgir o interesse do Pinto e do Neto em comandar o partido. Aí o Castelo voltou atrás, disse que gostaria de manter a Gardênia no comando. Então busquei fazer um acordo, o Neto abriu, mas o Pinto não. Aí levei a discussão para executiva nacional e eles nos orientaram a fazer uma votação na executiva estadual e escolher um presidente por dois meses. O Pinto foi eleito por 5 votos a 1. Não quer dizer que ele será o presidente, ele está provisório, vai haver a convenção para decidir, se não houver acordo vai ter que haver uma nova disputa. Eu tentei de todas as formas um acordo, não consegui. Quando não tem acordo tem que ir para o voto, isso é democracia. O que eu não posso fazer é algo na marra. Depois de tudo isso, o Castelo se chateou, ele não se conformou com o resultado.
E o Castelo manifestou desejo de deixar o partido?
O Castelo me chamou e disse: ‘se não desmanchar essa decisão e não deixar o comando do PSDB de São Luís com minha mulher, eu vou sair do partido’. Eu achei algo muito autoritário, radical, o que deixa parecer que ele não concorda com o processo democrático. Eu falei ao Castelo que lamentava, mas que não podia desfazer algo orientado pela nacional.
Castelo deixando o PSDB, o partido vai entrar com um processo por infidelidade partidária?
Quem vai decidir é a nacional. O problema não é só o PSDB, mas a suplente. A Luana Alves com certeza vai atrás. Já temos histórico de deputado federal maranhense que se desfiliou do partido e a nacional foi atrás. Existe um entendimento no PSDB, que se o partido não for atrás, abre uma janela para uma série de desfiliações. Então acho que se o Castelo deixar o PSDB, ele pode sofrer um processo por infidelidade partidária. Mas gostaria de deixar claro, a questão democrática interna do PSDB, não existe canetada, existe diálogo e voto.
E no diretório estadual? Existe um interesse do Madeira assumir o PSDB no Maranhão?
Não. O Aécio já me chamou e disse que hoje eu sou a pessoa que tem mais condições de comandar o PSDB no Maranhão sou eu. No diretório estadual não há disputa. Reconheço que administrar um partido como o PSDB é muito trabalho, mas entendo que tenho essa missão.
E em relação à disputa presidencial. Existe a possibilidade de o candidato ser o Geraldo Alckmin?
Olha, nunca houve essa discussão. Hoje o que se tem é o nome do Aécio Neves. De repente, o Geraldo pode estar melhor que o Aécio aí muda o jogo.
Quais são os principais avanços do governo?
O salário dos professores, pagamos as professores, isso foi um grande avanço, promovemos uma estabilidade. A construção de escolas, dos IEMA, deve demorar 1 ou 2 anos, são avanços mas não acontecem imediatamente. Na agricultura estamos oferecendo um grande apoio. Porém acredito que o principal avanço foi:  moralizamos o uso do recurso público. Acabaram os escândalos, o que estamos fazendo é desarmar contratos questionáveis que estavam firmados. Um exemplo disso é o Porto de Itaqui que em três meses deu mais de R$100 milhões de lucro, enquanto que em 2014 foi apenas R$100 mil, pois todo dinheiro que entrava, era retirado para pagar uns projetos que não era palpáveis. É normal que existam denúncias no nosso governo, sempre vai haver. Mas o Flávio é bem claro com sua equipe, ‘quem quiser meter a mão no dinheiro público, peça pra sair’.
Como é o momento do PSDB atualmente?
Olha existe uma procura muito grande pelo PSDB. Não só por conta da onda do momento em que o país vive. Mas o partido tem se mostrado limpo. Com pessoas honestas. De caráter. Você não vê o PSDB envolvido em escândalos. Então muitas pessoas estão querendo vim, mas nós estamos fazendo inclusive um crivo. Nós estamos renovando o partido.
Existe alguma chance do PSDB não ganhar a eleição para presidente em 2018?
Só se houver uma virada muito grande. A Dilma perdeu o controle da governança. E a rua não apoia mais esse governo. Todos nós torcemos para que o país dê certo, tenha um ajuste fiscal, inclusive para o próximo presidente. Torcemos para que o PT se encontre, mas dificilmente acho que isso vai acontecer.