Todos por São Luís

sexta-feira, 31 de maio de 2013

IMAGEM DO DIA: CRIME AMBIENTAL E TRÁFICO DE DROGAS

Na apreensão: 4 tatus  e 60 quilos de carne de veado e 30 quilos de maconha.

BAIXADA MARANHENSE: VICE-PREFEITO DE PINHEIRO BUSCA PROJETOS NO MINISTÉRIO DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL



Cesar Soares com o maranhense Januário Rodrigues
O Vice-prefeito de Pinheiro, Cesar Soares (PT), cumpriu agenda no Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome – MDS em Brasília, na última quarta-feira (29), onde foi recebido por Januário Rodrigues, Assessor Especial da ministra Tereza Campello.     Durante a reunião, Soares recebeu um completo diagnóstico através do Boletim de Informações Municipais, além de farto material e conheceu todos os programas disponíveis o MDS.
A prefeitura de Pinheiro já pactuou com o MDS para este ano 633 vagas do Pronatec – Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego, a ser operacionalizado em parceria com Sistema “S”(Senai, Senac, Senat e Senar); tem como meta também aumentar em mais 16% o número de famílias no Cadastro Único e inclusão no Bolsa Família e consolidar a efetivação do Programa Brasil Carinhoso(Creches).
A parceria de Pinheiro com o MDS já garante para o Município 11.447 famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família, o que representa um total de quase 20 milhões de reais em 2012. Conta também com 4.274 pessoas com o Benefício de Prestação Continuada (BPC), que representa um repasse de quase 34 milhões de reais. Em 2012, a soma de recursos transferidos pelo BPC e pelo Bolsa Família (R$ 54 milhões) representa 299% do valor transferido pelo FPM ( R$ 18 milhões).O Vice-prefeito saiu otimista da reunião no MDS e motivado a colocar em prática o “Plano Pinheiro Sem Miséria”, que visa ampliar os programas sociais no município e contribuir para a superação da extrema pobreza.
Com informações do Blog: http://www.vandovalrodrigues.com//



quarta-feira, 29 de maio de 2013

POLÊMICA: MOVIMENTO FEMINISTA PEDE PARA MULHERES NÃO MAIS TRASAREM “DE QUATRO”


pesquisa diz: 90% dos homens preferem elas de quatro
Helena Ramirez, histórica líder do movimento feminista no Brasil chocou a audiência da TV Globo ao dizer em recente entrevista ao humorista Jô Soares que “mulher que se submete a fazer sexo na vexatória posição ‘de quatro’ está jogando no lixo as décadas de luta das mulheres conscientes”.
A entrevistada sugeriu que as mulheres quando fossem fazer sexo optassem por sempre que possível ficarem por cima, para poderem olhar nos olhos dos homens de igual para igual. Helena ainda afirmou que o homem latino tem fetiche por dominação, por humilhar a mulher. Para ela “quem se coloca ‘de quatro’ se anula como mulher, vira apenas um receptáculo de líquido seminal”.

Outro ponto polêmico da entrevista foi quando o entrevistador a questionou sobre sexo anal, ela foi enfática ao dizer que ‘homem que busca sexo anal em relação hetero está fazendo estágio pra virar ‘viado’, esposa que alimenta este fetiche está na verdade ajudando ainda mais a reduzir a oferta de homens que já não é das melhores”.

terça-feira, 28 de maio de 2013

FATO DO DIA: VALE DESRESPEITA A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA E NÃO MANDA NEM REPRESENTANTE PARA AUDIÊNCIA PUBLICA COM OS PREFEITOS

Audiência Púbclica com os 23 prefeitos
 dos municpios por onde passa a ferrovia
prefeita Cristiane Damião - de Bom Jesus das Selvas - pres. do COMEFC

IMAGEM DO DIA: MORADORES DO ANIL INTERDITAM A RUA CÔNEGO TAVARES

Desiludidos com a gestão do prefeito Edivaldo Holanda Jr , moradores da rua Cônego Tavares, no Anil<  vão a extremo e interditam a passagem de veículos.

O problema vem desde a gestão do prefeito Castelo

CPI DO BOM PEIXE: EM NOTA AO BLOG DO VARÃO, VEREADOR EXPLICA SUA SAÍDA E TEME QUE O FINAL ACABE EM PIZZA.

 NOTA DO VEREADOR MARQUINHOS ENVIADA AO BLOG DO VARÃO:
vereador teme pelo fim da CPI do Bom peixe
“ A CPI do Peixe, que eu espero que realmente aconteça porem, não sei por que eu estava confirmado como relator da mesma e simplesmente fui retirado sem nem uma explicação por partes dos outros membros da mesma. Acredito que eles sabem bem como eu sou, e vou até o fim pelas respostas, só que, com essa atitude tenho medo que a CPI do Peixe, vire pizza.” Marquinhos Vereador.


ENERGIA LIMPA: SANTO ANTÔNIO DOS LOPES COMEÇA A PRODUZIR ENERGIA PARA O SISTEMA DA ELETROBRAS

quarta turbina produzindo energia elétrica
SANTO ANTÔNIO DOS LOPES(MA)- A MPX obteve autorização para iniciar a operação comercial da quarta  turbina, com capacidade instalada de 169 MW, da UTE Parnaíba I. O empreendimento inicial é composto por quatro turbinas a gás, totalizando 676MW, e está localizada em Santo Antônio dos Lopes, Maranhão. A empresa já tem  aval da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Com isso a empresa já está gerando energia elétrica para o Sistema Interligado Nacional(SIN),   da Eletrobras. O projeto de ampliação prevê  instalação de 22 turbinas para consumir parte do gás produzido em Santo dos Lopes.
turbina de gás vista por dentro
O gás natural é captado entre 2 e três mil metros de profundidade.O gás natural é usado apenas para produção de energia elétrica. O que gera de riqueza para o município são os royalties  e a geração de impostos. A desvantagem é que o produto não agrega nada, quando se trata de subprodutos para atração de novos empreendimentos e geração de empregos para a região.   
O empreendimento de geração de energia é formado por  uma parceria 70/30 entre a MPX e a Petra Energia durante 15 anos. O contrato garante uma receita anual mínima total de R$421,2 milhões – base de outubro de 2012 -, indexada ao IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo – IBGE).
gás que brota das terras do sertão maranhense
Além da UTE Parnaíba I, a UTE Itaqui, também no Maranhão, e a UTE Energia Pecém e a Solar Tauá, no Ceará, estão gerando energia para o Sistema Interligado Nacional. Além desses empreendimentos, a MPX opera uma usina a óleo diesel no Amapá.


CPI DO BOM PEIXE: CÂMARA DE VEREADORES DE SÃO LUIS MANTÉM A TRADIÇÃO E A COMISSÃO ESTÁ COM OS DIAS CONTADOS COM A SAÍDA DE MAIS UM VEREADOR

CPI investiga a gestão de Julio França na Semapa
Depois da doença do vereador Francisco Carvalho(PSL) que vinha travando o andamento dos trabalhos da Comissão Parlamentar de Inquérito que investiga desvio de recursos no programa “Bom Peixe”  no Governo Castelo, agora foi a vez do  vereador Marquinho(PRB) retirar  o nome da comissão. Se os trabalhos já andavam devagar agora parou de vez.
O vereador Marquinhos  divulgou uma nota a imprensa comunicando se desligamento da comissão. Com uma CPI natimorta a Câmara de São Luis mantém sua tradição de complacência com os desmandos do executivo. O crédito  da  casa legislativa já era ruim com a população de São Luis agora volta a estaca zero.
Marquinhos na campanha com Castelo
No início do ano, com a chegada de  novos vereadores surgiu uma nova esperança  que pudesse mudar a imagem do legislativo da capital perante a população. Mas pelo visto, com o arquivamento dessa CPI todos os vereadores já foram enquadrados  na mesma parcimônia de sempre. È vergonhoso a falta de compromisso desses vereadores, que mesmo vendo sinais evidentes de corrupção na  execução do programa “Bom Peixe” fazem de conta que não é responsabilidade da casa.

segunda-feira, 27 de maio de 2013

PACTO POR SÃO LUIS: DISCUSSÃO DEIXA DE FORA GOVERNO DO ESTADO, PREFEITURAS DA RAPOSA, RIBAMAR E PAÇO DO LUMIAR

pacto sem impacto

A saída para os problemas de São Luis passam pela solução dos problemas da Grande São Luís. O “Pacto por São Luís” lançado agora a pouco pela prefeitura da capital maranhense não tem rumo. O evento está acontecendo nesse momento no auditório da Assembléia  Legislativa. O que chamou atenção no evento foi a ausência de representantes dos municípios de São José de Ribamar, Raposa e Paço do Lumiar. Outro aspecto que despertou  a atenção dos participantes foi a ausência de representantes  do Governo do Estado. Que pacto é esse? Um pacto caolho! Não há como discutir políticas públicas na questão da saúde, do transporte, do lixo, da segurança, da infraestrutura sem falar da metropolização. Sem a união de todos.
esqueceram a metropolização
Se o prefeito Edivaldo Holanda Junior tivesse realmente a intenção de começar a resolver os sérios problemas da capital maranhense usaria o esse pacto para iniciar a discussão sobre  a metropolização da Grande São Luis.  Não vi nada de concreto apresentado pelo prefeito. Nada além de perfumaria.  O que vimos foi uma discussão pobre, sem objetividade e profundidade que possa apontar soluções para os graves problemas da cidade.
deputado entrega projeto ao prefeito: silêncio
Não se vê,  a curto prazo, algo que possa apontar  solução para resolver  os problemas de São Luis sem a união das prefeituras  que fazem parte da Grande São Luis.  No mês de março o deputado Jota Pinto(PEN) apresentou  um novo projeto da criação da Região Metropolitana de São Luis ao prefeito Edivaldo Holanda Junior. Até hoje não se viu uma manifestação pública do prefeito sobre  o assunto.
 O deputado  apresentou uma emenda à Lei da Metropolização da Grande São Luis. No novo projeto    acrescentaria  mais os municípios de Bacabeira, Rosário, Santa Rita e Alcântara.  Com isso a Região da Grande São Luis seria composta por 8 municípios. Hoje sem a metropolização  as prefeituras deixam de receber R$ 120 milhões de reais por ano.



sábado, 25 de maio de 2013

MOBILIZAÇÃO: PARTIDO DOS TRABALHADORES INICIA UMA SÉRIE DE DEBATES EM PRESIDENTE DUTRA PARA ELEIÇÃO DIRETA QUE ELEGE NOVA DIRETORIA

Monteiro: atual presidente e candidato a reeleição  

PRESIDENTE DUTRA(MA) - A corrente petista CNB - Construindo um Novo Brasil, iniciou hoje (sábado,25), uma série de encontros regionais no interior do Maranhão. O primeiro de uma série está acontecendo na Região dos Cocais, no município de Presidente Dutra. Os encontros com lideranças municipais do Partido dos Trabalhadores fazem parte do processo de mobilização para as eleições diretas do partido que acontece em novembro em todo Brasil.
 O evento foi aberto com a participação de  lideranças do partido de 14 municípios da Região dos Cocais(Presidente Dutra, Fortuna, Jatobá, Tuntum, Gonçalves Dias, Governador Eugenio Barros, Dom Pedro, Senador Alexandre Costa, Capinzal do Norte, São José dos Basílios, São Domingos, Governador Luiz Rocha, Graça Aranha e Santo Antonio dos Lopes) .
vice-governador com os prefeitos de Pres. Dutra e Fortuna
 O encontro foi aberto pelo    presidente estadual e candidato a reeleição Raimundo Monteiro, pelo vice-governador Washington Oliveira, pelo superintendente do Incra no Maranhão  e dirigente  da executiva estadual  José Inácio, pelo presidente do Diretório Municipal Valdivino Rodrigues,  prefeito de Presidente Dutra, Juran Carvalho(PV), vice-prefeito Orlando Pinto(PT).  Monteiro pregou a unidade do PT em torno de um projeto que fortaleça o partido dos trabalhadores em todo Maranhão. “Esse primeiro encontro de Presidente Dutra pra nós é  o ponta-pé incial de uma campanha vitoriosa em torno de uma  maioria que possa conduzir os destinos do partido com tranquilidade, finalizou Monteiro.
O vice-governador Washington Oliveira declarou  que o Partido dos Trabalhadores no Maranhão vem pagando um preço muito alto pela  divisão provocada pela disputa interna que engessou o partido nas últimas  décadas. “Chegou a hora do PT do Maranhão eleger uma diretoria com ampla maioria que possa permitir uma governabilidade e defender um projeto de desenvolvimento para o Estado.” Queremos  encerrar uma fase onde o PT do Estado  só brigou. A chapa encabeçada pelo Monteiro representa todos os militantes do partido no Maranhão, finalizou.
Ainda nesse fim de semana depois de Presidente Dutra o evento vai ter continuidade na cidade Grajaú.

quinta-feira, 23 de maio de 2013

OPINIÃO: PARTIDOS DE MENTIRINHA, por Márlos Reis*

juiz Márlos Reis

Em evento realizado ontem, numa universidade em Brasília, o ministro Joaquim Barbosa, presidente do Supremo Tribunal Federal, fez uso da expressão “partidos de mentirinha” para referir-se à notória debilidade dos partidos políticos brasileiros.
O Brasil realmente carece de uma experiência partidária efetiva. A agremiação política é  escolhida não por razões programáticas, mas por cálculos pragmáticos que levam em conta quantos votos serão necessários para ganhar a eleição. As coligações, por decorrência, são muitas vezes engendradas à base de acordos financeiros que têm por objeto a ampliação do tempo de propaganda na televisão.
Um líder de bancada me disse certa vez, referindo-se à Câmara dos Deputados: “Somos aqui 513 partidos  políticos”. Os eleitos possuem de fato bases eleitorais próprias, amealham pessoalmente suas verbas de campanha e concorrem com os próprios correligionários em busca do voto.
O sistema eleitoral e o modelo de financiamento de campanhas vigentes são os maiores culpados por isso. Pequeno número de empresas privadas domina o cenário das doações de campanha e os candidatos competem mais por seu apoio que propriamente pelo voto.O resultado disso é que temos uma democracia baseada em partidos fracos, com pouca ênfase na identificação programática.
Nenhuma democracia se consolida sem uma clara definição entre os seus partidos, o que demanda uma distinção entre os seus conteúdos baseada em propostas para o país. Trata-se de evidenciar planos de governo, muito mais que articular planos conquista do poder.
Há tempos a sociedade brasileira despertou para essa necessidade. Em 1999 e em 2010 foram aprovadas duas leis de iniciativa popular com o igual objetivo de qualificar a nossa democracia. A primeira deu origem ao artigo 41-A da Lei das Eleições, que abriu a oportunidade para a cassação de mandatos obtidos à base da compra de votos; a segunda, conhecida como Lei da Ficha Limpa, aprimorou os critérios para a definição das candidaturas, impedindo a participação eleitoral de pessoas posicionadas em situação de risco para a lisura dos pleitos.
Agora essa mesma sociedade civil, articulada na rede denominada Movimento de Combate a Corrupção Eleitoral (MCCE), prepara-se para lançar nas próximas semanas uma terceira e ainda mais profunda iniciativa. O objetivo será a superação das doações empresariais e a mudança do sistema eleitoral com vista ao fortalecimento dos partidos. A ideia do movimento é a de que se deve propor aos cidadãos um novo sistema de voto, em que são evidenciados os programas partidários, sem negar ao eleitor a palavra final sobre os eleitos.
Com o propósito de banir as doações empresariais, fortalecer os partidos enquanto instâncias programáticas, dar ao eleitor o controle dos resultados das eleições e banir a transferência indevida de votos entre candidatos, vem aí o mais novo projeto de lei de iniciativa popular do MCCE.
Precisamos de partidos de verdade. A falta de partidos verdadeiramente programáticos favorece o individualismo, apequena a democracia e estimula o voto mercenário.Para combater de modo mais eficiente a corrupção política precisamos de um sistema que enfatize os partidos e sufoque o personalismo que está na base das relações clientelistas.
*Márlos Reis
* Juiz de Direito no Maranhão, membro do Comitê Nacional do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral, um dos redatores da minuta da Lei da Ficha Limpa, coordenador e professor em cursos de pós-graduação, palestrante e conferencista. Twitter: @marlonreis

quarta-feira, 22 de maio de 2013

MORADIA: SINDUSCON E CAIXA REALIZAM O FEIRÃO DA CASA PRÓPRIA


O Sinduscon com a Caixa vão promover a 3ª edição do FESTIMÓVEIS e 9º Feirão Caixa da Casa Própria. O evento vai acontecer a a partir amanhã  23 a 26 de maio, no Shopping da Ilha, das 10h às 22h. Serão 30 stands com diversas opções para aquisição O Sindicato das Indústrias da Construção Civil (SINDUSCON-MA), em parceria de moradia definitiva.
Mais de 6.500 imóveis entre casas e apartamentos serão disponibilizados. Para o presidente do SINDUSCON-MA, João Alberto Mota Filho, o evento é o mais importante do setor imobiliário e tem por objetivo proporcionar condições mais rápidas e baratas para quem deseja realizar o sonho da casa própria.
De acordo com a superintendente da entidade, Maria Alice Araújo, haverá uma novidade: este ano quem adquirir um imóvel no Feirão da Casa Própria vai começar a pagar o financiamento com o banco depois de aprovado o contrato somente no ano que vem. O número de construtoras vai dobrar em comparação com o evento realizado no ano passado.
Segundo Ciro Nolasco, coordenador do evento, a expectativa é de que as empresas participantes cheguem a comercializar pelo menos R$ 75 milhões em negócios durante a feira. Estarão presentes as empresas: Amorim Coutinho, Dimensão, Gafisa, Franere, Lua Nova, Escudo, Canopus, GDR, A Predial, Ergus, Ronierd Barros, Builders, Meta, Cyrela e Sá Cavalcante.



terça-feira, 21 de maio de 2013

GRILAGEM DE TERRAS: EX-DEPUTADO INVADE ÁREA DE AGRICULTORES EM SÃO JOSÉ DE RIBMAR

várias dunúncias contra o ex-deputado 

O secretário de Assuntos Estratégicos e ex-deputado  Alberto Franco entrou mais uma vez numa polêmica envolvendo disputa de terra na ilha de São Luis. Dessa vez a vítima são os produtores rurais do povoado Engenho, na zona rural de São José de Ribamar. São 60 famílias descendentes de quilombolas que moram na área há mais de 200 anos. Os produtores rurais estiveram na Assembléia Legislativa pedindo apoio aos deputados contra a grilagem do ex- companheiro.  Os moradores do povoado vivem do plantio de hortaliças como quiabo, maxixe, alface e cheiro verde e abastecem as feiras da Cidade Operaria e Maiobão.
Domingos Rodrigues - pres. da associação fez a denúncia
Segundo o presidente da Associação Abrangente do Estado do Maranhão    - AABRAEMA Domingos Rodrigues, o ex-deputado Alberto Franco forjou um documento no Cartório de São José de Ribamar( onde já foi dono) num processo evidente de grilagem para tomar a terra dos produtores rurais. Na setor em disputa  o secretario do Governo do Maranhão já tem uma área de  77 hectares e pretende avançar em mais 74 hectare dos moradores.
Na Assembleia  Legislativa os produtores receberam apoio dos deputados Eliziane Gama(PPS) e Bira do Pindaré(PT). Segundo o presidente da   associação, os deputados colocaram os gabinetes a disposição no que for preciso para resolver impasse judicial.
produtores vieram procurar os deputados


Os agricultores do  já deram entrada  no Ministério Público do Município de Ribamar, registraram boletim de ocorrência  contra o ex-deputado no   6 DP da   Cidade Operária e fizeram  também uma queixa  crime  na Corregedoria de Justiça do Maranhão.




REFORMA POLÍTICA: JUIZ CRIADOR DO FICHA LIMPA APRESENTA NOVA PROPOSTA POPULAR CONTRA A CORRUPÇÃO ELEITORAL



juiz Marlos Reis um dos idealizadores do movimento
O grupo de organizações não governamentais (ONGs) que conseguiu reunir 1,5 milhão de assinaturas que culminou com a Lei da Ficha Limpa lança, em breve, mais uma campanha para recolher assinaturas de eleitores brasileiros. O alvo agora é apresentar uma proposta de lei para que as eleições para deputados estaduais e federais ocorram em dois turnos em todo o País. A nova coleta de assinaturas é encabeçada pelo Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE), com o apoio da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). 

Existem diversas propostas para a alteração do modelo político brasileiro enquanto a reforma política não sai. Entre os projetos que circulam hoje no Congresso Nacional para mudar regras eleitorais, dois, em andamento no Senado, destacam-se: um pelas cores petistas que imprimiria às eleições e outro que daria vantagem ao PSDB nos pleitos.

A proposta que será apresentada com as assinaturas une modelos aberto e fechado de votação. Nesse caso, os partidos fazem uma eleição entre seus filiados para definir a lista de candidatos, com a devida ordenação por número de votos obtidos internamente. 
No primeiro turno da eleição, os eleitores votam nas legendas, já sabendo qual é o cardápio de opções que cada uma oferece. Nessa primeira votação, é definido o quociente partidário e o número de cadeiras que cada partido ou coligação conquistou, sendo maior o número de vagas para quem tiver maior preferência. No segundo turno, os partidos colocam a lista de candidatos limitada ao dobro de nomes da quantidade de vagas que obteve pelo quociente eleitoral e o eleitor pode escolher qualquer um dos listados. Nessa etapa também há a opção de continuar votando na legenda, avalizando a ordem apresentada.


Um dos coordenadores do MCCE, Márlon Reis, juiz do Maranhão, diz que a proposta vai facilitar a fiscalização das campanhas por restringir as candidaturas. 
De acordo com o juiz, o número de candidatos a vereador no ano passado, que passou de meio milhão, não é fiscalizável. "Já com essa redução poderemos acompanhar de perto os atos de campanha, se estão comprando votos ou cometendo outro tipo de irregularidade." 
Reis destaca que o modelo acaba com o "voto Tiririca", quando o candidato tem uma votação tão expressiva que acaba determinando a eleição de outros candidatos do mesmo partido mesmo sem votos suficientes para isso.
A proposta também abre a possibilidade de o eleitor não só escolher o seu preferido, mas quando for conveniente, trabalhar contra aquele que não quer ver eleito. Se um partido apresentar no topo de sua lista um nome envolvido em escândalos ou suspeitas de corrupção, ou mesmo um candidato muito impopular, os eleitores contrários a ele poderão se unir para votar na lista de outra legenda ou em alguém que venha depois dele na lista fechada partidária.  No atual sistema, os candidatos impopulares precisam apenas obter uma votação suficiente, sem importar a distribuição das demais escolhas do eleitorado.


FINANCIAMENTO – No início de abril, as mesmas entidades que lançam agora a campanha de assinaturas para mudar o sistema eleitoral para deputados lançaram um manifesto contra o financiamento privado das candidaturas. Batizado de Eleições limpas: Contra o financiamento privado e em defesa do financiamento democrático de campanhas, o manifesto defende a realização de uma reforma política com foco na instituição do financiamento público das campanhas, que exclui as doações de pessoas jurídicas do processo eleitoral. 
A proposta é estabelecer regras que distribuam aos candidatos valores abaixo das "quantias absurdas" gastas hoje nas campanhas. 
A distribuição também seria feita de forma completamente transparente com publicação de prestação de contas em tempo real na internet.


IMAGEM DO DIA: MILHO NO PONTO DE COLHER EM BOM JESUS DAS SELVAS/MA

imagem; Martin Varão


sábado, 18 de maio de 2013

NAÇÃO KRIKATIS: ÍNDIOS COBRAM DO GOVERNO DO ESTADO SINALIZAÇÃO NA MA QUE CORTA A ALDEIA


vereador do PT Davi Krikati com os caciques
IMPERATRIZ(MA) - Os índios da Nação Krikatis no município de Montes Altos cobram do Governo do Estado sinalização  MA- 280 que atravessa  a aldeia em 32 km. Segundo o vereador Davi Krikati(PT), a empresa Ducol Engenharia responsável   pela construção da estrada entregou a obra sem sinalizações no trecho que corta a área indígena . A MA-280  foi concluída em 2012.






Os caciques reivindicam uma sinalização diferenciada no trecho que passa por dentro da aldeia. Os 1060 Krikatis vivem numa área de 146 mil hectares fazendo parte de 3 municípios(Lajeado, Sitio Novo e Montes Altos. São 270 famílias  que restaram da Nação Krikatis.
  


vice-governador conversa com os Krikatis
Os representantes dos krikatis conversaram com o vice-governador Washington Oliveira(PT) na sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Imperatriz. Os indígenas apresentaram suas reivindicações ao Governo. O vice governador prometeu levar as demanda dos Krikatis ao conhecimento da governadora Roseana Sarney.


TECNOLOGIA: PREFEITURA DE SÃO LUIS COLOCA NOVO SITE NO AR

sec. comunicação apresenta nova página

A Prefeitura de São Luís colocou no ar, na ultima sexta-feira (17), o seu novo site (www.saoluis.ma.gov.br). Desenvolvido pela Secretaria de Informação e Tecnologia (Semit), em conjunto com a Secretaria de Comunicação (Secom), o novo formato do portal é mais moderno, leve e prático. A grande novidade é a disponibilização do Portal da Transparência.
         Com esta ação, a Prefeitura de São Luís garante clareza às ações da nova gestão. “É mais um dos compromissos de campanha assumidos e posto em prática por nós, garantindo transparência às ações do nosso governo à população´, disse o prefeito Edivaldo Holanda Júnior, ao ressaltar que a atual gestão, dessa forma, cumpre a Lei Complementar nº 131/2009, que determina a publicação, em tempo real pela internet, de informações detalhadas sobre a execução orçamentária e financeira do município.
         O Portal da Transparência congrega informações referentes às receitas, despesas, recurso recebido, destinação, gastos realizados com a folha de pagamento da Administração Direta (Recursos Humanos), o planejamento orçamentário autorizado pela Câmara Municipal e sobre a execução orçamentária do exercício, atualizada, com dados de gastos com fornecedores em suas diversas modalidades.
Interativo e com design moderno, nas cores do brasão oficial do município, o secretário de Comunicação, Márcio Jerry ressalta que o portal da Prefeitura foi redesenhado como uma ferramenta útil de diálogo do governo municipal com a cidade, atendendo itens de inclusão digital, de maneira a facilitar o acesso da população e dos servidores municipais aos serviços e notícias do Município.
         O site atual permite aos internautas acessar com facilidade notícias e serviços de importância para a população e ao servidor público, bem como visualizar vídeos (TV Prefeitura), ver notícias e galeria de fotos das ações da atual gestão. Além disso, há seções de radioagência, telefones úteis, prestação de serviços (emissão de guia do IPTU, andamento de processos), aviso de pautas, informação aos servidores (contracheques, declaração de rendimentos, protocolo online), o portal do turista e links específicos de cada secretaria do município.
 DIÁRIO OFICIAL
 Outra iniciativa adotada pela atual gestão, e que visa também proporciona maior transparência aos atos do governo Edivaldo Holanda Júnior, é a disponibilização do Diário Oficial do Município, no site da Prefeitura, facilitando o acesso às publicações da Imprensa Oficial do Município.
 O projeto de digitalização do acervo contempla inicialmente a disponibilização de Diários do período de 1988 à 2013, com atualização na página a cada Diário Oficial publicado. A ferramenta de consulta foi uma solução desenvolvida pela Superintendência da Área de Informática (SIN) da Semad, que atua em parceria com a Superintendência de Modernização da Gestão (SMG), responsável pela Imprensa Oficial do Município.


quinta-feira, 16 de maio de 2013

MARANHÃO NATUREZA: PIPIRA AZUL OU SANHAÇO - CINZENTO



Pipira Azul
Nome Científico: Tangara sayaca
Família: Thraupidae
Ordem: Passeriformes
Distribuição: Brasil oriental e central, do Maranhão ao Rio Grande do Sul, Goiás e Mato Grosso; Colômbia, Paraguai, Argentina, Uruguai, Venezuela e Colômbia.
Habitat: Vive nas árvores em qualquer lugar, tanto em campos ou área de cultivo.
Alimentação: Frutinhas (frequentemente duras) das árvores, arbustos, epífitas, de cipós e frutas de pomares (mamão, banana, jabuticaba, goiaba, entre outras).
Reprodução: O ninho é um cesto aberto e bem elaborado, feito entre os ramos das árvores, macho e fêmea constroem o ninho juntos. Põe de 2 a 3 ovos, são fortemente manchados. A incubação varia de 12 a 14 dias.
O sanhaço-cinzento mede 17,5 cm, cinzento ligeiramente azulado, com as partes inferiores um pouco mais claras, bordas das asas azuis esverdeadas. Os imaturos são esverdeados.
É a espécie mais comum de sanhaço do Brasil. Costuma frequentar a parte baixa da vegetação, da borda da mata. Ocupa áreas urbanas, inclusive grandes centros, é comum em jardins e pomares.Esta espécie gosta de banhar-se. Cantam durante todo o ano, possui um canto longo, entrecortado pelo som de notas altas e baixas. Anda quase sempre em casais ou pequenos grupos. É observado com outras espécies de sua família.



PRODUÇÃO DE ALIMENTOS: COMEÇA A COLHEITA DO MILHO EM SÃO DOMINGOS DO AZEITÃO - REGIÃO SUL DO ESTADO


produção de 180 sacas por hectare
SÃO DOMINGOS DO AZEITÃO(MA) Os produtores rurais iniciaram   nesta quarta-feira (15), no município de São Domingos do Azeitão, o inicio da colheita de milho da safra 2012/2013. O evento ocorreu na Fazenda Nossa Senhora do Carmo, na Região Sul do Maranhão,
governadora Roseana deu início a colheita 
O município  se destaca hoje como grande produtor de grãos. Este ano, a expectativa dos produtores  é que a colheita de milho atinja 180 sacas por hectare plantado e a produção total alcance 40 mil toneladas. “Investimos alto em tecnologia na preparação do solo e na plantação do milho e vamos utilizar o maquinário mais moderno do mercado, seguindo os melhores padrões do mundo. Nossa meta é elevar a produção de milho na região”, detalhou o produtor agrícola Roberto Ferreira.
O plantio de milho está concentrado nos municípios de Balsas, São Raimundo das Mangabeiras, Sambaíba e São Domingos do Azeitão.

 

LINHA DURA: SMTT DÁ EXEMPLO E MULTA O CARRO DO PREFEITO


Mirian Aguiar: linha dura
A secretária  da SMTT de São Luis vira e mexe vem desagradando uma série de  vícios que imperava no setor de transporte da capital.  Mirian Aguiar é do tipo linha dura. O efeito no seu trabalho sério já é sentido na forma de abordagem dos guardas de transito que circulam pelas ruas de São Luis. Semana passada por falta de espaços   na Pedro II estacionei num   local proibido para fazer a cobertura de um evento na sede da Prefeitura. Quando  voltei o veiculo tinha sido multado. Tentei argumentar  com um guarda que tinha aplicado a multa. Tudo em vão.
carro do prefeito sendo multado pela SMTT
Essa semana o carro do prefeito estacionou num local proibido e também foi multado. O que me chamou atenção foi a forma que parte da imprensa divulgou o fato. Aqui o meu posicionamento é para mostrar que o fato da  da SMTT  multar até o carro do prefeito aponta para uma mudança de atitude . O fato é que o exemplo precisa ser divulgado de forma positiva. O espaço aqui no blog é para criticar quando preciso e também elogiar.
A secretária Mirian Aguiar também demonstrou que além impor uma nova filosofia de trabalho na SMTT ela é também boa de negociação. Uma greve que parecia inevitável dos motoristas e cobradores ela intermediou com sucesso conseguindo sensibilizar os empresários  para um aumento dos trabalhadores acabando o impasse.   




quarta-feira, 15 de maio de 2013

PESQUISA AGROPECUÁRIA: AGROBALSAS DISCUTE TECNOLOGIA E SUSTENTABILIDADE E MOVIMENTA R$ 200 MILHÕES EM NEGÓCIOS


BALSAS(MA) – Com o tema "Sustentabilidade, pesquisa e inovação", segue, até a próxima sexta-feira (17), na Fazenda Sol Nascente, na cidade de Balsas – localizada a 810 km de distância da capital, São Luís – mais uma edição da "Agrobalsas". Realizada pela Fundação de Apoio à Pesquisa do Corredor de Exportação Norte (Fapcen), a exposição agropecuária mostra que há de mais moderno a ser utilizado pelo empresário rural, com foco na sustentabilidade.
A missão, nesta edição, é reunir os principais atores institucionais da região sul do Estado em torno do tema a ser conscientizado por todos, para que, a partir da produção de alimentos nos cerrados maranhenses, novas estratégias sejam direcionadas para a industrialização dos produtos, criando negócios, renda e vagas de emprego.Na "Agrobalsas" deste ano, destaque para as duas maiores fontes proteicas: soja e milho. A expectativa da organização é que R$ 200 milhões sejam movimentados em negócios.




IMAGEM DO DIA: BENEDITO LEITE GANHA HOSPITAL DO ESTADO


POLÊMICA: MAX BARROS REBATE DENÚNCIAS DE BIRA DIZENDO QUE ELE PARTICIPOU DE GOVERNO CORRUPTO E AINDA GRITA PEGA LADRÃO

Max Barros:  deu o troco

Sempre muito educado, gentil, cortês e dócil até demais com os seus colegas parlamentares da oposição, o deputado Max Barros (PMDB) desceu do andar da diplomacia política e mostrou um lado até então desconhecido do público. Indignado com o discurso denuncista do petista Bira do Pindaré, que havia acusado o Governo do Estado de ‘roubar’ a estrada que liga Coroatá a Vargem Grande, Max vestiu a indumentária de líder governista e mandou brasa:
“Vivemos uma situação kafkiana, aquela em que o cara rouba e sai correndo, gritando ‘pega ladrão’, para disfarçar. Isso está acontecendo nesta Casa. O governo, que roubou, e aqueles que fizeram parte do governo que roubou, vêm denunciar onde não tem corrupção. Isso é um absurdo! Talvez para fazer média e tentar conquistar o eleitorado de Coroatá, mas se conquista [o cidadão] com trabalho, fazendo as obras acontecerem, e não com mentiras e inverdades”, garantiu Max Barros .
Bira participou do Governo Jackson Lago
O deputado, que até pouco tempo estava no comando da secretário de Infraestrutura do Estado, antes de ser sucedido por Luis Fernando, inclusive era secretário quando das obras da estrada Coroatá/Vargem Grande, afirmou que procura pautar a atuação dele na Assembleia com questões propositivas.
“Aquilo que apurei como irregularidade na secretaria da qual fui secretário eu jamais trouxe para a tribuna, porque eu deixo a cargo dos órgãos de controle, da Corregedoria, do Tribunal de Contas, do Ministério Público. Procuro trazer aqui um diálogo propositivo, mas infelizmente, às vezes, a gente tem que descer mais o nível para fazer o debate. Quem roubou a estrada Coroatá/Vargem Grande foi o governo do qual o deputado Bira fazia parte”, disparou.
A reação do Max Barros não poderia ser outra, até porque é tido, mesmo pelos deputados da oposição, como “homem sério e honesto”, e dessa forma não poderia ficar calado frente às graves denúncias feitas por Bira do Pindaré. Aliás, Bira foi um dos eleitores mais entusiasmado de Max Barros quando da eleição, por unanimidade, do peemedebista para o cargo de vice-presidente da Assembleia Legislativa.
Enfim, na política é assim mesmo: às vezes é necessário deixar de lado o estilo “bom moço” e dar uma de “pit bull”, nem que depois volte-se a ser novamente um “cara legal”. Foi isso que aconteceu com o deputado Max Barros na sessão desta terça-feira (14), quando resolveu adotar o estilo “bateu, levou”.
(Com informação do Blog do Zeca Soares).



terça-feira, 14 de maio de 2013

MERCADO EXTERNO: ARGENTINA VAI EXPORTAR CAMARÃO SELVAGEM PARA O BRASIL


Argentina vai exportar camarão selvagem para o Brasil a partir de julho de 2013. O deputado federal Cleber Verde(PRB) participou hoje de uma audiência pública em Brasília na Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados para discutir os problemas decorrentes da importação do camarão para o mercado brasileiro.
Ceará um dos grandes produtores do Nordeste
A Associação Brasileira de Criadores de Camarão é contra a entrada do produto no mercado brasileiro.  Um estudo realizado no Maranhão concluiu que o estado tem um grande potencial de área produtiva que poderá se tornar um dos maiores produtores do mundo. O que precisa para isso acontecer é de uma política pública que incentive a produção, com investimentos e tecnologia disponível para os produtores.


Cleber Verde um dos defensores no Ma
Participaram da audiência pública além do deputado maranhense Cleber Verde, representantes da ABCC – Associação Brasileira de Criadores de Camarão, ACCN – Associação dos Carcinicultores da Costa Negra, o secretario executivo do Ministério da Pesca, Atila Rocha e diretores do Banco Nordeste.