Patrimônio digital

sexta-feira, 22 de maio de 2015

Astro de Ogum conversa com funcionários da Câmara Municipal em seus locais de trabalho

  Além de evidenciar de como deve ser o trato com a coisa pública, visando manter uma interação com os servidores da Câmara Municipal de São Luís, o presidente da Casa, vereador Astro de Ogum (PMN), esteve conferindo, in loco, o funcionamento da máquina administrativa em todos os setores do Legislativo Ludovicense. “Estou indo em cada sala para conversar olho no olho com nossos servidores, pois preciso ter ciência dos seus anseios, aspirações e condições de trabalho”, disse ele.

Nesta etapa, o presidente conversou com os funcionários da Diretoria Executiva, Procuradoria, Diretoria de Comunicação, Recursos Humanos e Documentação. Essas visitas já se tornaram costumeiras, haja vista que o presidente Astro de Ogum tem procurado saber como e para onde direcionar as iniciativas do seu trabalho, visando o bem estar dos servidores.

Durante a visita, o presidente pode constatar o que as pessoas estão sentindo nesses cinco meses de administração. “Nós estamos sabendo que o presidente Astro tem procurado fazer por nós, realizando um trabalho voltado para a valorização dos funcionários, como ele mesmo faz questão de deixar bem claro”, afirmou a funcionária Leda Maria dos Santos Coelho, lotada na Diretoria de Comunicação.

Maria de Fátima Souza, que atua na área de Recursos Humanos, louvou a posição de Astro em conversar com os servidores. “ Nós estamos confiantes naquilo que ele disse, principalmente no tocante a afirmação de nunca ter pensado em perseguir nenhum funcionário, bem como a disposição de organizar a Casa, utilizando, apenas, o número de pessoas necessárias para exercer suas atividades em cada setor”, disse Maria de Fátima.

Já o servidor Wanderlei Vasconcelos, da Controladoria Geral, entende que “é muito boa essa iniciativa do nosso presidente, uma visita muito oportuna que vem ampliar a integração entre a direção da Casa e nós funcionários”.

Para finalizar, Astro de Ogum afirmou ter ficado bastante satisfeito com a conversa mantida com os funcionários e completou enfatizando que “depois de mais essa conversa, já podemos sentir os anseios dos servidores, e iremos fazer todo o possível para trabalhar, ainda mais, pela valorização de todos os que trabalham, além de proporcionar condições dignas de trabalho, de modo que todos se sintam valorizados pela nossa administração”.

quinta-feira, 21 de maio de 2015

Lançamento da Frente Parlamentar de Violência contra a Mulher

O deputado Zé Inácio (PT) participou do lançamento da Frente Parlamentar de Violência contra a Mulher. A solenidade aconteceu na última terça-feira (20) no Plenarinho e contou com a presença de várias entidades e órgãos em defesa da Mulher. A frente Parlamentar é de autoria da deputada Francisca Primo (PT).

A frente visa contribuir, fortalecer e desburocratizar a Rede de Atendimento em Defesa da Mulher no Estado do Maranhão, em conjunto com as demais entidades que atuam no combate à violência contra a mulher.

Além do deputado Zé Inácio (PT), participaram da mesa as deputadas Francisca Primo (PT), presidente da Frente; Nina Melo(PMDB), vice-presidente; Valéria Macedo (PDT); Suzana Serra, secretária adjunta da Secretaria Estadual da Mulher; promotora Selma Martins, da Promotoria da Defesa da Mulher; juiz Nelson Moraes Rego; juíza Rosangela Santos Prazeres, diretora social da Associação dos Magistrados do Maranhão; Lurdes Leitão Rocha, do Conselho Municipal da Condição Feminina,  o deputado Fernando Furtado (PCdoB) e o vereador Honorato do PT.



Wellington do Curso participa de Audiência em defesa da Enfermagem e reafirma compromisso com a categoria



Na tarde desta quarta-feira (20), o vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa, deputado Wellington do Curso (PPS), participou da Audiência Pública, solicitada por ele, em defesa da Enfermagem.

A Audiência contou com a presença do deputado e presidente da Comissão de Direitos Humanos, Zé Inácio (PT); do deputado Fernando Furtado (PC do B); do procurador do Trabalho, Marcos Sérgio, além de várias entidades representativas da categoria que debateram sobre a possibilidade de revogação do acordo firmado em convenção coletiva, que institui a escala 12x36 e impõe o piso salarial de R$ 1.700,00 para enfermeiros.
Wellington parabenizou todos enfermeiros pelo transcurso do seu dia (12 de maio) e os técnicos de enfermagem (20 de maio), bem como ressaltou as atividades desenvolvidas durante a Semana da Enfermagem e enfatizou que está empenhado na luta pela valorização dos profissionais de Enfermagem que, segundo ele, vivem em função dos cuidados a outras vidas.
"Não sou enfermeiro de formação, mas sou enfermeiro de coração e enquanto parlamentar e defensor dos direitos dos profissionais da saúde, estou à disposição de cada um de vocês por entender quão grande é a importância desta missão que é a maior prova de amor às vidas", afirmou.
Além disso, o parlamentar destacou sua defesa à jornada de 30 horas para os profissionais da saúde e reafirmou apoio a todas as demandas dos profissionais de enfermagem por melhoria salarial e reconhecimento.
"A Enfermagem do Maranhão pede silêncio porque agora quer ser ouvida", reivindicou Wellington.
Após a apresentação das reivindicações pelos presentes, ao final da Audiência, ficou proposta uma outra audiência para o dia 10 de junho, que discutirá sobre a revogação do acordo e a possibilidade de uma nova convenção.

BANCADA DO MARANHÃO ACERTA ESTRATÉGIA PARA COMBATE AO CRIME EM BANCOS

Waldir Maranhão - vice-presidente da Câmara
Uma reunião na primeira-vice-presidência da Câmara dos Deputados, entre a bancada do Maranhão e Murilo Portugal, presidente da FEBRABAN – Federação Brasileira dos Bancos – acertou uma estratégia para combater os crimes em bancos. Estão em foco principalmente assalto a agências e explosões de caixas eletrônicos, que tanto assombram a população.
A ideia é fazer um diagnóstico da situação no Estado, o que será realizado junto com o Governo. Para isso, será feito um contato com o governador Flávio Dino para definir uma agenda. Caso o governo concorde, especialistas em segurança da FEBRABAN serão então enviados ao Maranhão para uma reunião com técnicos estaduais.
“Nós estamos combatendo os crimes de explosão de caixas eletrônicos, mas é um crime que pelo uso desproporcional da força não é um problema de segurança privada é um problema de segurança pública. Nós estamos empenhados em trabalhar em conjunto com as polícias civil e militar. No caso específico do Maranhão, precisamos primeiro entender o problema, que foi um dos temas da nossa reunião, e depois ver medidas que possam ser efetivas para combater esse tipo de crime”, afirmou o presidente da FEBRABAN.
Em 2014, foram registrados 21 assaltos a agências bancárias do Maranhão, ao todo são 360, e 78 caixas eletrônicos foram explodidos, de um total de 2.542. Mas, segundo dados da FEBRABAN, os números projetados de 2015 indicam uma diminuição desse tipo de crimes no Estado.
Reunião com Febrabam
Para o 1º vice-presidente da Câmara, deputado Waldir Maranhão, a reunião de hoje “é um primeiro passo para o Estado encontrar uma solução cooperativa entre governo e os bancos, e oferecer mais segurança à sociedade.” Maranhão comemorou a união suprapartidária dos representantes da bancada na busca de uma solução compartilhada em benefício da população. 

Pacto federativo -Em fórum de governadores, Flávio Dino defende tributo sobre grandes fortunas para financiar Saúde Pública



A defesa da Justiça Social na aplicação dos recursos públicos foi o tema levantado pelo governador Flávio Dino na reunião dos chefes dos Poderes Executivos Estaduais no Senado Federal. A convite do presidente do Senado, Renan Calheiros, todos os governadores do Brasil debateram pautas para a revisão do Pacto Federativo e a melhor aplicação dos recursos públicos.

A defesa da priorização da Saúde Pública em todo o país foi o ponto central abordado pelo governador do Maranhão. Para solucionar o subfinanciamento da Saúde no Brasil, Flávio Dino defende a votação emergencial no Congresso Nacional de projeto de lei que regule a taxação de fortunas superiores a R$ 4 milhões e que o imposto recolhido a partir dessa taxa seja utilizado para o atendimento da Saúde Pública.

Atualmente, três projetos de lei tramitam no Congresso sobre a questão, que é o único imposto previsto na Constituição que não foi regulamentado pelo parlamento. Dino defende que o projeto mais recente seja votado pelos senadores e deputados federais para garantir que o serviço público de atendimento médico seja melhorado. "Essa é uma tributação mais justa. Assim teríamos patrimônios acima de R$ 4 milhões financiando a Saúde dos que mais precisam. Essa sem dúvida é uma medida de justiça social," afirmou o governador em entrevista.

Flávio Dino ressaltou ainda que outro tema da ordem do dia para os Estados Brasileiros é a decisão acerca da distribuição dos royalties pela produção do petróleo. O tema já foi debatido e votado pelo Congresso Nacional, mas depende de uma decisão do Supremo Tribunal Federal para que seja efetivado é distribuído entre os Estados. O governador do Maranhão acredita que o Poder Judiciário deve votar o caso em breve.

A reunião dos governadores do Brasil para debater temas acerca da renovação do Pacto Federativo aconteceu na manhã desta quarta-feira (20) em Brasília e contou ainda com a presença do presidente da Câmara Federal, Eduardo Cunha, bem como de senadores e deputados federais.