quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Prefeitura realiza mostra educacional com estudantes do município


A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria de Educação (Semed), realizou nesta quarta-feira (17), no Parque do Bom Menino, a I Mostra Educacional de Ciência, Tecnologia e Meio Ambiente. Participaram do evento 32 escolas da rede municipal que apresentaram projetos executados nas unidades de ensino ao longo do ano letivo, com o objetivo de compartilhar conhecimentos e experiências do trabalho desenvolvido.
O secretário municipal de Educação, Geraldo Castro Sobrinho, esteve presente e visitou os stands de todas as escolas. “Com este evento conseguimos fazer com a que a Educação transborde os muros das escolas, como defende o prefeito Edivaldo. Realizamos hoje a culminância dos trabalhos realizados dentro das escolas e isso se deve em muito ao trabalho extraordinário desenvolvido pelos nossos professores, que ensinam nossas crianças com generosidade e dedicação”, destacou.
A abertura oficial da I Mostra Educacional da Semed foi realizada pela banda Amadeus Mozart, pelos estudantes do coral de surdos da Unidade de Educação Básica (U.E.B.) Maria Alice Coutinho e pelo coral da creche Olívio Castelo Branco, que realizaram uma cantata com músicas natalinas. A programação contou ainda com a presença dos veículos do projeto Carro-Biblioteca, do Núcleo de Braille da Educação Especial e do Programa Saúde na Escola (PSE).
As crianças da Educação Infantil da U.E.B. Moranguinho, no Monte Castelo, produziram para a mostra uma releitura das obras do artista plástico pernambucano Romero Britto. O tema da apresentação foi “Por um mundo mais colorido – fazendo arte com Romero Britto”. Os quadros e objetos pintados pelas crianças tiveram o acompanhamento da professora Érica dos Guaranis Siqueira, que trabalhou a temática com 80 crianças de cinco turmas da creche, durante aproximadamente oito meses, entre abril e novembro deste ano.
Érika Siqueira conta que as crianças se identificaram muito com as obras de Romero Britto, especialmente as que retratam os animais. O envolvimento dos pais e mães das crianças também foi grande. “Dei liberdade para as crianças criarem. Elas mesmas escolherem as telas de Romero que iriam pintar e ajudaram a juntar sucatas para a construção dos trabalhos; pratinhos de isopor, rolos de papel higiênico, CDs descartáveis, entre outros materiais; e tudo isso com a ajuda de seus pais. Foi uma forma que encontrei de trabalhar também a questão da sustentabilidade”, explicou.
A pequena Danielly Maria Oliveira Dantas, 5 anos, do turno matutino da U.E.B. Moranguinho, disse que teve a ajuda das colegas e também da professora para pintar o gato com gravata de borboleta – uma versão infantil de um dos quadros de Romero Britto. “Fiquei pintando, pintando, igual uma artista”, falou sorrindo. Ela também pintou uma bolsa que deu de presente para a mãe. “Minha mãe ficou muito feliz e me agradeceu”, declarou.
Outro trabalho de destaque apresentado na I Mostra Educacional da Semed foi o Projeto “Seres Vivos – Horta e Minhocário”, produzido por alunos do 7º ano da U.E.B. Maria Alice Coutinho, sob a coordenação do professor Fernando Antônio Oliveira Coelho. Ele explicou que resolveu desenvolver o projeto pelo fato da escola ainda não ter um laboratório e perceber na horta e no minhocário a possibilidade de atrelar o conhecimento aprendido em sala de aula à prática.
“Encontramos uma forma de aproveitar ao máximo um pequeno espaço da escola como nosso laboratório de Ciências, onde os alunos conhecem na prática a relação entre as plantas e os animais e o desenvolvimento dos mesmos”, explicou. Ele ressaltou que os estudantes perceberam a importância, do ponto de vista ambiental, da construção do minhocário e entenderam melhor sobre a constituição física desse animal invertebrado.


terça-feira, 16 de dezembro de 2014

UFMA homenageia magistrados com a comenda Palmas Universitárias


A Universidade Federal do Maranhão concedeu a comenda Palmas Universitárias ao juiz de Direito Marlon Reis, um dos autores da Lei da Ficha Limpa, e ao desembargador James Magno Farias, vice-presidente e corregedor do Tribunal Regional do Trabalho - TRT e professor da UFMA. A honraria foi entregue pelo Reitor Natalino Salgado, na última sexta.
Ao agradecer a homenagem, o juiz Marlon Reis disse que UFMA representa muito para ele. “A Universidade abriu portas para que eu pudesse me tornar magistrado, para que eu pudesse dar a minha modesta contribuição, que eu espero estar dando, à sociedade. E voltar à Universidade Federal do Maranhão sempre me emociona”, acrescentou o juiz, que se graduou em Direito pela UFMA.
O desembargador James Magno Farias também se disse honrado e feliz com a distinção. “Primeiro, por ser maranhense que, para mim, é fundamental este reconhecimento. Segundo, por ser egresso desta Universidade. Eu entrei na UFMA em 1986 e foi a turma na qual eu estudava que me moldou como pessoa, como humanista, que fez eu me apaixonar pela Universidade. Tanto que me formei em 1991 e, no ano seguinte, já retornava como professor”, contou.
A outorga das Palmas Universitárias aos magistrados, segundo o reitor Natalino Salgado, é também uma deferência àqueles que ajudam a construir, com um bom desempenho em suas áreas de atuação, o aperfeiçoamento do processo de democratização e das políticas públicas do Brasil. “A universidade se engrandece quando, além dos conhecimentos científicos produzidos, pode prestar o reconhecimento público a personalidades que contribuem para a garantia dos direitos dos cidadãos”, enalteceu.
Maior distinção honorífica da UFMA, a comenda "Palmas Universitárias" existe há 28 anos e é concedida a personalidades que se destacaram em suas atividades, merecedoras de reconhecimento público por toda comunidade acadêmica. Os homenageados recebem uma placa e um diploma.


Parceria na educação: Prefeitura de São Luís e Uema

A Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), em parceria com a Prefeitura de São Luís, realizou neste sábado (13) a aula inaugural do curso de Licenciatura em Pedagogia para 250 profissionais da Educação da rede municipal de ensino e de escolas comunitárias localizadas na capital maranhense. O evento ocorreu no auditório da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (Fiema)
O secretário municipal de Educação, Geraldo Castro Sobrinho, ressaltou que a parceria para formação dos profissionais da Educação também beneficia os estudantes, que terão em sala de aula professores ainda mais capacitados e motivados.
“A valorização do servidor público municipal é uma das principais diretrizes da nossa gestão. Neste contexto, proporcionar a formação de educadores que atuam tanto na rede municipal de ensino quanto em escolas comunitárias, demonstra a nossa atenção à capacitação de servidores, um dos pilares da valorização profissional”, assinalou Castro.
O secretário lembrou que o termo de cooperação técnica assinado este ano com o reitor da UEMA, José Augusto Oliveira, prevê a oferta de 125 vagas de graduação em Licenciatura em Pedagogia para os professores da rede municipal e mais 125 vagas para educadores de escolas comunitárias. As vagas foram destinadas prioritariamente aos professores que ainda não possuíam graduação.
O curso de Licenciatura em Pedagogia será ministrado na modalidade Educação à Distância e tem execução prevista para quatro anos, com carga horária de 3.330 horas. A estrutura do curso segmenta-se em três núcleos de estudo: básico, de aprofundamento e integrador. Cada um desses eixos ocorre em momentos distintos, contemplando seminários presenciais para os quais estão previstos palestras, estudos de caso, orientação acadêmica e avaliações interdisciplinares.

Além do acesso ao ensino superior, o termo de cooperação técnica também disponibilizou 85 vagas em cursos de pós-graduação da UEMA aos profissionais da Educação, sendo 15 para Gestão Pública, 15 para Gestão Pública Municipal, 15 para Psicologia da Educação, 10 vagas para Educação do Campo, 15 para Gestão em Saúde e 15 para Ensino da Genética. Os cursos de pós-graduação tiveram início no último dia 29 e também são ministrados através da modalidade Educação à Distância.





sábado, 13 de dezembro de 2014

Frei Beto será embaixador do Maranhão na luta pela melhoria dos indicadores sociais do Estado


Kátia Trindade, Frei Beto e o Secretário Marcio Jerre
Presidente do PCdoB estadual e próximo secretário de Articulação Política e Assuntos Federativos convidou o ativista Frei Betto para ser o embaixador do Maranhão na luta pela melhoria dos indicadores sociais do Maranhão. Em visita feita ao religioso em São Paulo, Márcio Jerry transmitiu a intenção do próximo governo de ter como foco o combate às desigualdades sociais.
Frei Betto concordou com a ideia e agradeceu pelo convite e, por telefone, foi contatado pelo futuro governador do Maranhão. Na ligação, Flávio Dino reiterou o convite para que Frei Betto se engaje na superação do desafio do IDH maranhense e agradeceu pelo interesse demonstrado pelo religioso em fazer parte do novo momento que viverá o Maranhão, a partir de um governo voltado para a mobilidade ascendente dos indicadores sociais.
“Vinha acompanhando a conjuntura política desde 2010 no Maranhão e torci muito pela vitória de Flávio Dino”, disse, ao destacar que a luta pela superação do ciclo oligárquico no Maranhão comandada por Dino é pauta corriqueira nos círculos de diálogos dos movimentos sociais.
Acompanhado da futura chefe da Assessoria Especial do Governador, Karla Trindade, Márcio Jerry destacou a importância da ajuda de Frei Betto na composição de uma frente social para combater os índices sociais e a desigualdade no Maranhão. “Toda a experiência dele (Frei Betto) e a referência que tem podem nos ajudar muito. Estamos muito contentes com a participação, embora à distância, do frei Betto nesse esforço civilizatório liderado por Flávio Dino no nosso estado,” afirmou Jerry.
O combate às desigualdades sociais foi a pauta central proposta por Flávio Dino durante as eleições de 2010. O Maranhão é o penúltimo colocado no ranking dos estados na avaliação do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) – que mede a qualidade de vida das pessoas em todo o mundo. O índice tem como referência os indicadores de Saúde, Educação e Renda avaliados por município, estado e país.
Para diminuir as desigualdades e fazer com que as riquezas naturais e potencialidades econômicas do Maranhão sejam utilizados em prol de todos, Flávio Dino pretende implantar uma política ousada de combate à pobreza e ao analfabetismo no estado, promovendo também o acesso à saúde preventiva.
Ao aceitar o convite para ser o embaixador do Maranhão na luta pela superação dos indicadores sociais, Frei Betto se torna mais um forte aliado para melhorar o quadro social do estado a partir de janeiro de 2015.

Caso Saraiva: ex-funcionário pode estar por trás de trama contra Tanaka

Há fortes indícios de que um ex-gerente esteja por trás da onda de mentiras, calúnias, injúrias e difamações contra senhor Jackson Douglas Almeida Irineu, mais conhecido como Tanaka, dono da Tanaka Dedetizações e Serviços Gerais Ltda.
Nas primeiras semanas do mês novembro deste ano, setores da imprensa maranhense deram amplo destaque para o assassinato do fiscal da Secretaria Estadual da Fazenda, José de Jesus Gomes Saraiva.
Nada mais justa a preocupação da mídia local para tamanho ato de violência e covardia contra um funcionário público, não fosse os ingredientes que podem estar por trás do assassinato.
Em primeiro lugar, vale destacar um detalhe importante, qual seja: a semelhança do nome do empresário Tanaka com o do suposto mandante do assassinato.
Ainda que não se trate especificamente de um caso de homônimo, o nome “Jackson Douglas Almeida” é parecido com “Jack Douglas Vieira de Matos”. Ocorre que o primeiro nunca teve nada a ver com o assassinado do fiscal da receita estadual, já o segundo, também conhecido como “Baiano”, está sendo procurado pelo Polícia Civil exatamente porque é o principal suspeito por matar ou ter mandado matar José Saraiva.
Em segundo lugar, Tanaka nunca esteve envolvido em quaisquer tipos de crimes seja contra a vida de alguém, seja contra a administração pública municipal, estadual ou federal. Talvez, para alguns, o seu único “crime” de Tanaka é trabalhar incansavelmente, gerar empregos para a sociedade e impostos para os governos.
Traição e inveja
Segundo os primeiros dados levantados por uma equipe de advogados que acompanham o caso, um ex-gerente, após ganhar a confiança do empresário Tanaka e um aumento considerável no salário, entre outros benefícios, começou a se interessar pela exploração da mesma atividade comercial da Tanaka Dedetização, a ponto de abrir sua própria empresa, inclusive com o mesmo objeto social da empresa de Tanaka, e tendo como sócio um funcionário da Secretaria Municipal de Turismo (Semtur) da Prefeitura de São Luís.
O mais grave é que o ex-gerente estava utilizando-se de toda a logística (equipamentos, produtos, veículos, banco de dados de clientes etc) da Tanaka Dedetizações em benefício da empresa que abriu para si.
Ao tomar conhecimento, e confirmar as trapaças do então gerente, o senhor Tanaka não teve outra alternativa que não demitir o farsante por justa causa, o que pode ter motivado seu ódio numa proporção tão patológica que teria chegado a usar as redes sociais, incluindo blogs e grupos no Whatsapp, para espalhar a onda de boatos criminosos  contra o empresário Jackson Douglas Almeida Irineu (Tanaka), certamente aproveitando a coincidência do nome do empresário com o do verdadeiro suspeito pelo crime.
Tanaka já está com vários boletins de ocorrências registrados na polícia e está reunindo um calhamaço de provas para deixar claro o quê e quem estar por trás do massacre moral contra o empresário maranhense.
Outra providência que está sendo tomada é a procura da justiça para reparar os estragos feitos não somente à imagem do cidadão Jackson Douglas Almeida, mas também à empresa Tanaka Dedetização e Serviços Ltda.
 “Ainda estou sofrendo muito com este isto tudo. O que me restou foi apenas procurar a Justiça para poder me defender das maldades que fizeram ainda estão fazendo comigo. Só que estou fazendo tudo com muito cuidado e responsabilidade para não cometer os mesmos erros que fizeram comigo. Temo também pela minha integridade física e dos meus familiares”, afirmou o empresário.
Fonte:Blog do Robert Lobato