Todos por São Luís

terça-feira, 14 de julho de 2015

Deputado Zé Inácio fez pronunciamento sobre o acordo celebrado entre o Governo do Estado e os índios Guajajaras.

Foto de Zé Inácio Rodrigues.
Na manhã desta terça-feira (14), o deputado Zé Inácio fez pronunciamento sobre o acordo celebrado entre o governo do estado e os índios Guajajaras.
Zé Inácio como presidente da Comissão de Defesa dos Direitos Humanos e Minorias, foi o mediador durante as negociações. Na pauta de reivindicações os índios pediam providências da comissão e dos parlamentares desta Casa Legislativa para fazer a mediação junto ao governo estadual.

“A realidade indígena no Maranhão fomenta discussões que dizem respeito às condições de saúde e educação em que os mesmos se encontram. Essa situação se agrava por falta de políticas públicas efetivas para os povos indígenas, que não apenas garantam, mas implementam ações voltadas para a atenção, sobretudo, da educação, da habitação e da saúde”, destaca Zé Inácio.
O presidente da Comissão dos Direitos Humanos e das Minorias, Zé Inácio (PT) ressaltou a confiança depositada pelo presidente desta Casa, o deputado Humberto Coutinho e ao governador Flávio Dino ao parlamentar como presidente desta comissão para coordenar as negociações junto com os deputados Wellington do Curso e Braide, intermediando a favor do governo.
O parlamentar também destacou o apoio de todos os funcionários da Assembleia Legislativa que acolheram os indígenas nesses dias. Dando destaque especial ao Gabinete Militar, em nome do coronel Pimentel, e em nome do coronel Jinkings. “Agradeço ao Gabinete Militar não só pelo apoio à segurança, mas pela compreensão do momento de luta e o momento de que esta Casa tinha que dar uma resposta à sociedade da forma como demos, juntos encontramos caminho para que as reivindicações dos indígenas fossem atendidas por meio do diálogo e do entendimento. Por isso, registro o reconhecimento do papel importante desempenhado pelas instituições envolvidas no processo de negociação com os indígenas Guajajara”, finalizou o deputado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário