Todos por São Luís

terça-feira, 30 de setembro de 2014

ADVOGADOS PÚBLICOS FEDERAIS PARAM ATIVIDADES NESTA QUARTA DEVIDO À FALTA DE CONDIÇÕES DE TRABALHO E DISCRIMINAÇÃO POR PARTE DO GOVERNO FEDERAL


Para alertar a população sobre a carência estrutural e a defasagem salarial sofridas pelos membros da Advocacia Geral da União (AGU), Advogados da União, Procuradores da Fazenda Nacional e Procuradores Federais com atuação no Maranhão vão paralisar suas atividades, nesta quarta-feira (1º de outubro).
A mobilização é parte do Dia Nacional de Paralisação da Advocacia Pública Federal. Em São Luís, os participantes se concentrarão na seção maranhense da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-MA), no Calhau, a partir das 10h30.
No Maranhão, as atividades da AGU são exercidas por 68 membros, sendo 13 Advogados da União, 20 Procuradores da Fazenda Nacional e 35 Procuradores Federais, todos genericamente denominados advogados públicos federais. Em todo Brasil se encontram em atividade mais de 7.000 advogados públicos federais.
Os Advogados públicos federais orientam governantes, principalmente, nos atos que geram despesas para os cofres públicos, evitando a má aplicação dos recursos públicos e defendem a União Federal em causas judiciais. Esses advogados garantem a execução de políticas públicas (conjunto de ações do Estado para o bem coletivo), seja pela defesa judicial ou pelo assessoramento jurídico aos dirigentes do governo federal. Por exemplo: assessorando a criação e defendendo o sistema de cotas e o ENEM, na área educacional; assessorando a criação e execução das obras do PAC, na área de infraestrutura, assessorando e defendendo a implementação do programa bolsa família e minha casa minha vida, na área social, a demarcação de áreas indígenas e de territórios de quilombolas, entre outras políticas públicas. Atuam, ainda, na cobrança e recuperação dos créditos públicos (da União e de suas autarquias e fundações públicas), bem como no combate ao mau uso do dinheiro público.
REIVINDICAÇÕES No centro das reivindicações da mobilização desta quarta está a concessão da autonomia à Advocacia-Geral da União, como já ocorre com a Magistratura, com o Ministério Público e, mais recentemente, como à Defensoria Pública. Este é um dos objetivos da Proposta de Emenda à Constituição nº 82/2007.
“Esta falta de autonomia resulta em problemas como ausência de estrutura predial, de logística e de pessoal. Os advogados públicos federais vêm sendo remunerados com subsídios e até mesmo verbas indenizatórias inferiores aos que são pagos às demais carreiras jurídicas”, explica o Advogado da União e um dos líderes da paralisação da categoria no Maranhão, Leonardo Marques.
Segundo os advogados públicos federais, o Governo Federal trata a AGU de modo discriminatório e insensível, apesar das três greves deflagradas pela categoria em menos de uma década. “Se estas greves não tivessem ocorrido, o cenário da AGU seria ainda mais dramático”, completa Marques.

A categoria também defende o Projeto do Novo Código de Processo Civil, que modifica os honorários de sucumbência e garante que o advogado público também possam recebê-los . Honorário de sucumbência é o valor pago ao advogado da parte vencedora pela parte vencida em uma disputa judicial. Atualmente, os únicos advogados a não receberem os honorários são os advogados públicos federais, uma vez que todos os advogados privados e a grande maioria dos advogados públicos estaduais e municipais já recebem.

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Wellington do Curso realiza caminhada no Centro de São Luís


O candidato a deputado estadual, Wellington do Curso (PPS) realizou, na manhã deste sábado (27), uma caminhada pelo Centro da capital maranhense. O evento contou com a participação de alunos, ex-alunos, professores, amigos e colaboradores de sua campanha, que defende como lema um jeito novo de fazer política. 

A população, que se reuniu na Praça João Lisboa e percorreu a principal area comercial do Centro de São Luí
Desde o começo de sua campanha, Wellington, que tem sido muito bem aceito em todos os lugares pelos quais passou, conta com uma equipe de simpatizantes que participa ativamente de caminhadas, panfletagens e reuniões políticas em apoio à sua luta por uma vaga na Assembleia.


Na oportunidade, o candidato também agradeceu a toda a sua equipe e a todos os que estão participando direta e indiretamente da sua jornada política, rumo ao Legislativs, fez questão de demonstrar apoio à candidatura de Wellington do Curso e deixou clara a necessidade de que é preciso mudar e dar uma oportunidade para que Wellington possa expressar, com trabalho, o amor que tem pelo Maranhão. 
 o Estadual.

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Zé Inácio intensifica campanha na grande São Luís


 
A Rua Grande, no centro de São Luís, recebeu na tarde desta terça-feira (23) uma grande caminhada com o candidato a deputado estadual, Zé Inácio (PT). Além de correligionários e eleitores, também estiveram presentes o suplente de Senador, Antônio Heluy (PT) e o coordenador da campanha de Dilma em São Luís, kleber Gomes ((PT). 
Durante a caminhada, Zé Inácio (PT), apresentou aos comerciários, camelôs, lojistas e pessoas que por ali passavam suas propostas de campanha. A vendedora de loja, Cristina Maria Viana, confessou que gostou das propostas de Zé Inácio e que ele sim merecia o seu voto. “Estou desacreditada da política, mais lendo as propostas de Zé Inácio acreditamos que ainda existem políticos comprometidos. Vou votar nele!”, declarou. 
Acompanhado de duas grandes lideranças do Partido dos Trabalhadores o suplente de Senador Antônio Heluy e o coordenador da campanha de Dilma em São Luís, kleber Gomes que também declararam apoio à luta de Zé Inácio nesta campanha.
Muitos correligionários acompanharam Zé Inácio pela rua grande, entre eles, a dona de casa, Maria Tereza Silva. “Sou 13123 e Zé Inácio vai ser o no nosso deputado estadual, tenho fé e Deus”, disse dona Maria. 
A caminhada foi encerrada e grande estilo na Praça Deodoro, local em que Zé Inácio recordou ter sido grande palco de seus discursos quando iniciou a sua militância política. “Recordo que no inicio da minha trajetória política a Praça Deodoro era o local de encontro daqueles que sempre lutaram por uma sociedade mais justa. E hoje estou aqui novamente, só que desta vez pedindo o seu voto para que na Assembleia Legislativa possamos fazer transformar esse sonho em realidade”, concluiu Zé Inácio (PT).  
Campanha Intensa 
Desde o inicio da semana que  as atividades do candidato a deputado estadual Zé Inácio (PT) estão voltadas para a grande Ilha.  No domingo (21), amigos e correligionários realizaram uma carreata pelas principais ruas da área Itaqui / Bacanga com mais de cem carros.    
Ainda no domingo (21) foi realizando um almoço em Paço do Lumiar e reuniu amigos e apoiadores do petista. Na ocasião, também estiveram
presentes o coordenador  da campanha, Sidney Nogueira e toda equipe da coordenação geral. 
Na manhã de segunda-feira (22), o candidato a deputado estadual Zé Inácio (PT), esteve na Zona Rural de São Luís, na Vila Horizonte, com a presença de lideranças de Coqueiro, Vila Samara, Inhaúa, Estiva, Vila Piçarreira e Vila Esperança. 
Ainda na segunda-feira (22), o candidato a deputado estadual Zé Inácio (PT) participou de uma reunião com lideranças comunitárias da zona rural de São Luís. O encontro aconteceu na Vila dos Cachorros, mais estiveram presentes representantes das comunidades Taim, Vila Sarney, Pedrinhas, Pau Deitado, Vila Maranhão, Jacu, Cajueiro, Matinha e dos bairros São Cristóvão e João de Deus. O ato contou também com representantes do candidato a deputado federal, Cleber Verde e foi dirigida pela petista Maria Máxima Pires. 
No período da noite, o candidato a deputado estadual Zé Inácio (PT) encerrou suas atividades com mais uma reunião. Desta vez, no bairro da Liberdade, onde teve a oportunidade de conversar com a equipe da brigada e líderes comunitários. O encontro foi organizado por Ana Lourdes Almeida Rosa. Também esteve presente um representante do deputado federal, Zé Carlos. O trabalho da brigada é realizado por 32 pessoas e atinge vários bairros de São Luís, como Liberdade , Coroadinho , Maracanã, Centro, Monte Castelo, Vila Palmeira, entre outros.
Na manhã de terça-feira (23), foi realizada uma reunião com a presença do candidato a deputado estadual Zé Inácio (PT) e do candidato a deputado federal, Zé Carlos, no residencial Canaã, Zona Rural de São Luís. O petista levou suas propostas para a comunidade e recebeu apoio dos eleitores. 

quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Wellington do Curso se posiciona sobre a insegurança no Estado


“São Luís, uma Ilha provinciana cercada de olhares por todos os lados. De quem vem de fora, a beleza; de quem está dentro, a tristeza”. Com essa frase, o candidato a deputado estadual, Wellington do Curso (PPS) emitiu seu posicionamento sobre a situação em que se encontra a Segurança Pública do Maranhão.
 
Enquanto homem público, cidadão, ex-sargento do Exército e especialista em inteligência militar, expresso o meu extremo pesar e preocupação, diante do clima de insegurança instalado na capital do Estado.
 
A cidade de São Luís está mergulhada na sua mais grave crise de segurança pública, em toda a sua história, diante dos inúmeros ataques causados por duas facções criminosas, que vem amedrontando a sociedade e as próprias instituições públicas, assim como, retirando um dos mais sagrados direitos da Constituição, que é o de ir e vir dos cidadãos.
O Governo do Estado, há anos demonstrou a sua absoluta incapacidade no trato do sistema carcerário, que em nada expressa o mando do Código de Processo Penal, a Lei de Execução Penal e a própria Constituição, que impõem, como prioridades, a aplicação da pena e a ressocialização do apenado, pois as cadeias maranhenses constituem-se como verdadeiras “universidades do crime”, sem deixar de ressaltar a falta de condições materiais e a baixa remuneração recebida pelos policiais maranhenses.
Temos alguns prontos defensores dos “direitos humanos”, que sempre amparados por muitos holofotes, colocam todos os policiais no “cesto da corrupção e da truculência”, como se fosse uma postura única a todos, o que caracteriza absoluto desrespeito à vida e ao sossego público.
Por último, ressalto que esta é a minha opinião como cidadão acoado pela violência que se abateu em São Luís, e não uma estratégia eleitoreira, diante do não retorno dos impostos que pagamos, pois “cidadãos” de facções criminosas nos retiram o sagrado direito da paz e da liberdade.
Como educador, sempre acreditei nos princípios da Educação, pois ela é que transforma o mundo. Um cidadão, assistido pela sociedade, através da Educação, tem oportunidades, o que consequentemente o afasta da criminalidade e facilita a sua inserção no convívio social.
Observa-se, portanto, que deve haver uma política de ressocialização, através da educação dentro dos presídios.
Exigimos Respeito! Exigimos a nossa liberdade, a defesa da vida, da propriedade e da incessante busca da felicidade, como assim defende a declaração universal dos Direitos Humanos.

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Público prestigia e aprova a semana de inovação tecnológica em hortaliças


A Semana de Inovação Tecnológica em Hortaliças, promovida pela Embrapa Cocais, foi encerrada na última sexta-feira (dia 19), com um Dia de Campo na comunidade Mata, em São José do Ribamar-MA. O Dia de Campo, na Embrapa, é um evento direcionado a um determinado público, que é convidado a visitar e conhecer, na prática, as tecnologias geradas por meio de pesquisas e, também, os trabalhos e resultados que podem beneficiar a sociedade e a agricultura nacional.
Durante a semana, a Embrapa Cocais, com apoio de outras unidades da Empresa, como a Embrapa Hortaliças (Planaltina-DF) e a Embrapa Semiárido (Petrolina-PE), além das prefeituras de São Luís e São José do Ribamar, trabalhou em várias atividades voltadas para a produção de hortaliças na Ilha de São Luís, que é composta pelos municípios de São José do Ribamar, Raposa, Paço do Lumiar e a própria capital São Luís.
A Semana de Inovação Tecnológica foi mais uma evolução do projeto Hortas do Maranhão, no qual a Embrapa Cocais está trabalhando desde 2011, em parceria com prefeituras da região, com o Governo Estadual e com órgãos da administração federal, entre outros.
“O projeto Hortas foi concebido com objetivo de elevar gradativamente o nível tecnológico na produção de hortaliças aqui na Ilha”, disse o chefe-geral da Embrapa Cocais, Valdemício Ferreira de Sousa, lembrando que, segundo dados oficiais, 85% das hortaliças consumidas na Grande São Luís vem de fora. “É preciso mudar esse panorama”, afirmou.
O projeto Hortas do Maranhão contempla, desde seu início, cerca de 100 famílias da região, selecionadas pela Embrapa Cocais e seus parceiros, distribuídas em 12 comunidades dos quatro municípios que compõem a Ilha de São Luís.
“Nesta Semana de Inovação Tecnológica nós não apenas mostramos o que está sendo feito na região, mas também demos continuidade às atividades do Hortas, visando estimular cada vez mais as famílias que estão incluídas nesta primeira etapa do projeto e, também, as famílias que futuramente poderão ser inseridas no trabalho. Nosso objetivo é que as famílias produzam suficientemente para sua alimentação e também para o mercado, que é carente de produtos locais”, disse o chefe-geral da Embrapa Cocais.
Atividades – A Semana de Inovação Tecnológica em Hortaliças foi direcionada a técnicos que atuam na assistência técnica e extensão rural do Governo do Estado, aos municípios que compõem a Grande São Luís, aos agricultores e demais agentes de desenvolvimento da agricultura familiar.
Entre os dias 15 e 19 deste mês, foram desenvolvidas diversas atividades, como o minicurso “Atualização Tecnológica no Sistema de Produção de Hortaliças”, com os instrutores Jony Eishi Yuri e Nivaldo Costa dos Santos, da Embrapa Semiárido, que também ministraram uma palestra na comunidade Parque das Laranjeiras, sobre “Manejo de Hortas para a Agricultura Familiar”.
No Dia de Campo na comunidade Mata, os participantes visitaram as propriedades e as plantações dos agricultores Antônio Carlos Sales, conhecido como Pitoca, e Abdon de Sá Menezes, e também tiveram uma palestra sobre solos e tecnologias de manejo de irrigação de hortaliças, ministradas por Francisco Herbeth Costa dos Santos, da Embrapa Hortaliças.
Outras atividades bastante prestigiadas durante a semana foram as oficinas de alimentos à base de hortaliças, ministradas pela instrutora Elza Rodrigues e voltadas para as mulheres que vivem e trabalham na zona rural da Grande Ilha.
“Todos que participaram das oficinas se interessaram em aprender novas receitas, aproveitando as culturas que plantam em suas propriedades”, disse Elza Rodrigues.
Para a agricultora Rosa Amélia, 58, da comunidade Sol Nascente (São Luís), a oficina de alimentos foi uma grande oportunidade para aprender novos pratos à base de hortaliças e outras culturas produzidas pelas comunidades, como lasanha de berinjela, abobrinha recheada, salada de rúcula com manga e estrogonofe de caju.
“Foi muito bom o curso, principalmente porque eu vi que algumas coisas que iam para o lixo podem ser aproveitadas e trazer benefício para nossas famílias”, disse Rosa Amélia.
Para a Embrapa Cocais, o evento atingiu seu objetivo e deixa frutos para próximas etapas do projeto Hortas.
“O que queremos é levar tecnologias simples para que todas as famílias tenham condições de aprender e colocar em prática nas suas plantações. Melhorando o nível tecnológico, o agricultor vai melhorar a produtividade, a produção e a qualidade dos produtos e, consequentemente, vai aumentar sua renda”, afirmou o chefe-geral da Embrapa Cocais, Valdemício Sousa.


Prefeito de São Luís fez vistorias de obras durante o fim de semana

O prefeito Edivaldo visitou importantes obras estruturantes neste final de semana. Neste sábado (20), acompanhou a finalização dos serviços na Avenida Colares Moreira e as obras de alteração geométrica do retorno do Bacanga. As alterações no trânsito dos dois locais viabilizarão uma dinâmica de tráfego mais organizada nas avenidas, gerando redução dos pontos de congestionamento nas vias. As obras compõem o conjunto de medidas do Plano Estratégico de Melhorias para o Trânsito.
“São melhorias que estamos realizando em vários pontos da cidade cujo objetivo é dar mais fluidez ao transito. Essas intervenções também acontecem em outros trechos de grande congestionamento da cidade. Alem desses, outros pontos já estão em estudo”, disse Edivaldo.
Os retornos de laço de quadra na Avenida Colares Moreira foram construídos próximo ao Atlanta Center e às imediações da loja da TAM Viagens. No projeto consta também a instalação de conjunto semafórico e nova sinalização horizontal e vertical. Para que todas essas ações sejam possíveis, a Prefeitura está modificando o canteiro central da via, onde os trabalhos foram realizados durante este fim de semana.
Com a conclusão do serviço, o motorista que vier no sentido Renascença/Centro, e quiser voltar ao bairro, deverá fazer o retorno de quadra entrando na Rua dos Timbós, passando pela Rua das Juçaras e depois Rua das Sucupiras, onde poderá fazer o cruzamento nas proximidades da loja TAM Viagens.
Já o motorista que vem no sentido Centro/Renascença que deseja retornar para o Centro, deve entrar na Rua das Sucupiras, próxima a Escola Superior da Magistratura do Estado do Maranhão (Esmam), e seguir pela Rua dos Ipês até a Rua dos Timbós para fazer o cruzamento na altura da Mark Pedras.
Junto da sua equipe, o prefeito vistoriou a intervenção do retorno do Bacanga, na confluência das avenidas Vitorino Freire, Africanos e Portugueses. Enquanto averiguava os trabalhos, o prefeito Edivaldo teve uma recepção positiva dos motoristas com acenos em sinal de aprovação e cumprimentos calorosos. Foram fechadas duas alças da via para melhor fluidez do trânsito, uma no sentido Bacanga/Fonte do Bispo e a outra no sentido Areinha/Africanos.
A fase de terraplanagem da via está sendo finalizada e já foi iniciada a imprimação da pista de rolamento. Os serviços consistem também na colocação de meio-fio, além da separação e pintura das novas faixas. O secretário de Trânsito e Transportes, Canindé Barros, explicou que com a intervenção o retorno do Bacanga terá capacidade para receber um número maior de veículos. “As pistas principais, Vitorino Freire e Africanos, ganharão mais uma pista de rolamento, aumentando para quatro o número de pistas”, informou Canindé.
Ao fim das obras, que têm previsão de conclusão de 45 dias, o sentido do trânsito funcionará do seguinte modo: para realizar o retorno em direção ao Bacanga, os condutores que saírem da Africanos entrarão à direita e realizarão a manobra mais à frente à esquerda, livre de semáforos. Para o retorno, serão disponibilizadas duas vias que se unirão com outras duas da Avenida Senador Vitorino Freire. Dessa forma, os condutores terão quatro vias para transitarem livremente em direção ao Bacanga.
Os condutores que saírem da Avenida dos Portugueses realizarão o mesmo procedimento para fazer o retorno. Os motoristas contarão com quatro vias, duas para os que seguirão em direção à Africanos e outras duas para quem desejar ir para a Senador Vitorino Freire e realizar o retorno ou seguir em frente.
Estiveram presentes durante a vistoria realizada pelo prefeito os vereadores Francisco Chaguinhas (PSB) e Batista Matos (PPS); os secretários municipais Antônio Araújo (Obras e Serviços Públicos), Canindé Barros (Trânsito e Transportes) e Robson Paz (Comunicação).

AFRICANOS
A Prefeitura de São Luís também realiza intervenções em outros trechos importantes para melhor fluidez do trânsito como na Avenida dos Africanos nas imediações do Parque Timbira. Os retornos foram fechados para a abertura de uma nova passagem, que interliga uma transversal que sai do Coroado, trazendo o fluxo dos veículos para retornos de quadra. Além disso, foi realizada a sinalização completa da área com a instalação de semáforos para garantir maior segurança aos pedestres.
Com a alteração, os motoristas que trafegam no sentido Outeiro da Cruz/Bacanga e precisarem fazer o retorno deverão entrar na Rua dos Gatões. Eles deverão fazer conversão à esquerda para chegarem à Rua do Arroz e então passarem pelo cruzamento.
Já para quem trafega no sentido Parque Timbira/Avenida Africanos e está seguindo para o Coroado, o acesso será feito saindo da Avenida Venâncio de Queiroga e seguindo direto pela Rua da Minerva. Se no lugar do Coroado, o condutor estiver indo para o Centro, bastará sair da Avenida Venâncio Queiroga e virar à esquerda no cruzamento com a Avenida dos Africanos.
A opção pelos retornos de quadra reduz a concentração de veículos formando filas duplas nas avenidas e viabiliza o fluxo natural da via. O condutor que descer a Avenida Vicente de Queiroga, entrada do Parque Timbira, também terá acesso direto a Africanos, sentido Centro, por um retorno que será aberto em frente à via.

PONTE DO BAIXÃO
Ponte do Baixão deve ficar pronta em 15 dias, melhorando o acesso para a comunidade.
Ponte do Baixão deve ficar pronta em 15 dias, melhorando o acesso para a comunidade
Durante este sábado, o prefeito Edivaldo também acompanhou as obras da Ponte do Baixão, no bairro do São Cristovão. A previsão é que dentro de 15 dias as obras estejam totalmente concluídas. A construção da ponte integra o conjunto de intervenções realizadas pela Prefeitura de São Luís após as inundações no primeiro semestre deste ano que atingiram vários pontos da cidade.
“Era um acesso precário de madeira que a chuva levou e agora uma ponte de concreto armado é construída. A comunidade não passará mais pelo sofrimento de antes, que se arrastava ao longo dos anos”, afirmou Edivaldo, que vistoriou os serviços ao lado de moradores da região.
A ponte tem 2 metros de altura em relação ao nível da água no período de estiagem e conta com 6 metros de vão livre e 12 metros de largura. Ela substituirá a antiga estrutura improvisada pelos moradores que foi danificada no período das fortes chuvas. O Baixão foi uma das 31 áreas afetadas pelas inundações que ocorreram em São Luís no primeiro semestre, permanecendo praticamente isolada desde então.
Desde o início das obras o prefeito tem acompanhado o andamento dos trabalhos, sendo esta a terceira visita ao local. A construção da ponte foi iniciada no mês de julho, com orçamento no valor de R$ 317 mil. Segundo o secretario de Obras e Serviços Públicos (Semosp), Antônio Araújo, a nova ponte será toda de concreto armado visando garantir aos moradores segurança, uma vez que a construção considerou a elevação das águas do córrego em períodos de chuva.
A fundação foi concluída, na fase atual da obra estão sendo construídas três vigas para a colocação do tabuleiro e depois o concreto.

Jackson Lago queria manter os filhos distantes da política, diz Igor Lago, que decidiu concorrer a deputado federal


 Ao reunir jornalistas e blogueiros nesta quinta-feira, no Restaurante Mandacaru, no bairro de Araçagi, o médico Igor Lago, candidato a deputado federal pelo PPS, ao justificar o porquê de ter decidido entrar tão tardiamente na política, apesar da família ser quase toda ela de políticos, disse que seu pai, o ex-governador Jackson Lago, nunca quis para os filhos a vida pública, tanto que procurou incentivá-los a construir suas próprias carreiras pelos estudos, indo ele cursar Medicina, a irmã Luciana, Turismo, e a outra, Ludmila, militou mais na área empresarial. Nesta eleição, depois dos problemas enfrentados no PDT, partido que Jackson, ao lado de Neiva Moreira, Reginaldo Teles e muitos outros fundou no Maranhão, decidiu concorrer a um mandato eletivo, a fim de dar continuidade ao trabalho iniciado pelo pai. Jackson Lago teve uma cassação polêmica em 2009, e faleceu em 2011, depois de tentar, sem sucesso, seu retorno ao Palácio dos Leões.
Igor é um dos seis filhos de ex-governadores que estão participando desta campanha e é o que tem menor estrutura, pois lhe falta apoio de muitos que eram próximos do ex-governador, mas não conseguiram manter a relação de amizade com a família depois de sua morte, por uma série de razões. Além de governador do Maranhão, Jackson Lago foi três vezes prefeito da capital, além de deputado estadual e secretário de Saúde, do Estado e do Município. Além de Igor, concorrem nestas eleições dos filhos dos ex-governadores José Sarney (Sarney Filho, a deputado federal), João Castelo (Gardênia Castelo, a deputada estadual), Luiz Rocha (Roberto Rocha, a senador), João Alberto (João Marcelo, a deputado federal) e Edison Lobão (Lobão Filho, a governador do Maranhão). 

Wellington do Curso participa de seminário sobre a educação.


Nessa sexta-feira (19), o candidato a deputado estadual, Wellington do Curso (PPS) participou de um Seminário realizado pelo Centro Ecumênico de Estudos Religiosos e Superiores do Estado do Maranhão (CEERSEMA). 
O evento abordou sobre a importância da interação família, educação e religião no desenvolvimento do ensino-aprendizagem das crianças e contou com a participação de vários coordenadores e professores.
Wellington recebeu o convite para participar do evento e também para fazer o uso da palavra. Na oportunidade, o candidato falou sobre a sua história de vida e superação enquanto educador, destacou a importância da família no processo de educação e apresentou também seus posicionamentos políticos e sociais.
“A família é o berço da formação de regras, princípios e valores. A escola e a igreja possuem também papéis importantes na formação moral cidadã. Não precisamos encontrar um culpado pelas situações das escolas, mas buscarmos todos juntos, enquanto educadores e detentores dos métodos e técnicas de ensino, soluções para os problemas que ainda permanecem”, destacou Wellington.
Ao finalizar, Wellington do Curso agradeceu ao convite e à oportunidade e falou sobre os desafios que teve que enfrentar e afirmou que é preciso acreditarmos em um jeito novo de fazer política, sempre defendendo a Educação, pois é ela que transforma a sociedade.

Zé Inácio e Lobão Filho participam de grande carreata em Itinga



No fim da tarde desta sexta-feria (19) o candidato a deputado estadual Zé Inácio (PT) esteve mais uma vez no município de Itinga do Maranhão, acompanhado pelo candidato à governador do estado, Lobão Filho.
Durante uma grande carreata, os candidatos foram recebidos por centenas de populares que os acompanharam pelas ruas e avenidas da cidade, manifestando seu apoio e entusiasmo. 
Na ocasião, também estiveram presentes o deputado estadual Antônio Pereira, o candidato a deputado federal, Chiquinho Escórcio e o candidato a senador pelo Maranhão, Gastão Vieira. 
 O evento reuniu no mesmo palanque as maiores lideranças políticas de Itinga unidas em prol da candidatura de Lobão Filho. A prefeita Vete Botelho, liderou uma comitiva, que saiu em passeata do Comitê de Zé Inácio (PT) até o Estádio Municipal "Demazão" para recepcionar o futuro governador do Maranhão.
Zé Inácio (PT) agradeceu a população local pelo apoio e reafirmou seu compromisso com a região: É durante eventos como esse que reforçamos nossa responsabilidade em trazer iniciativas e projetos que transformem a vida dos cidadãos itinguenses. Essa receptividade se transforma em estímulo para o nosso trabalho, enfatizou o petista.

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Eleições 2014: REITORES APRESENTAM REIVINDICAÇÕES A DILMA E MANIFESTAM APOIO À SUA REELEIÇÃO


Brasília – Em reunião de trabalho, no Palácio da Alvorada, em Brasília, 54 reitores de universidades federais apresentaram à presidente Dilma Rousseff uma série de reivindicações para o ensino superior, resultantes das necessidades vivenciadas pelas instituições, tendo como base o processo de expansão.
Foi o segundo encontro dos reitores com a presidente Dilma para discutir a continuidade do projeto de expansão das IFES para os próximos dez anos. O primeiro aconteceu em 21 de maio, oportunidade em que os dirigentes das IFES propuseram a manutenção da política de expansão, sobretudo, para as regiões mais carentes e isoladas do país e, principalmente, para os municípios que precisam de investimentos públicos para a área da educação.
Nas duas oportunidades, a presidente ressaltou o seu compromisso com a educação e defendeu a destinação de 75% dos recursos oriundos da exploração do pré-sal para a área, assim como 25% para a saúde. Ao tomar conhecimento dos seis eixos de discussão propostos pelos reitores, por meio de um programa de investimentos a partir de 2015 e a criação de uma agenda de desenvolvimento, Dilma demonstrou a sua preocupação com a situação da educação no Brasil, tido como princípio estratégico básico para o desenvolvimento de todas as outras áreas econômicas e sociais.
Presentes à reunião, o ministro da Educação, Henrique Paim, e o ministro da Ciência e Tecnologia, Clélio Campolina, reforçaram a análise feita pelos reitores e reafirmaram o seu apoio aos pontos apontados pelos dirigentes das IFES. Uma pauta comum a todos os dirigentes é, por exemplo, a idéia de que a expansão do ensino superior precisa continuar porque o País precisa avançar na área da educação para que o desenvolvimento nacional seja universal e acessível a todos. “Mas, é necessário que algumas correções sejam feitas e, para isso, propomos um planejamento de ações e destinação de recursos a curto, médio e longo prazo. Precisamos expandir com qualidade e não somente com quantidade, e expandir significa atender a todas as dimensões propostas pelo governo federal ao projeto de expansão”, analisou o reitor da UFMA, Natalino Salgado Filho.
Para os dirigentes das IFES, a continuação dessas políticas devem servir para fundamentar o seu apoio à permanência do atual modelo de gestão pública da administração federal. Os dirigentes entendem que as mudanças ocorridas na educação superior há uma década serviram como impulsos vitais para a reestruturação da educação e não há como voltar atrás. Por isso, a intenção dos representantes da área é manterem-se unidos para que o governo federal mantenha as políticas em andamento. Para a manutenção desse projeto os reitores presentes à reunião manifestaram, unanimemente, apoio à reeleição da presidente Dilma.


Educação de São Luís caminhando para a normalidade...

O fim da greve de professores, há exatos 12 dias, devolveu a normalidade à rede municipal de ensino de São Luís e à gestão do secretário de Educação, Geraldo Castro Sobrinho. Durante os 105 dias de paralisação, Geraldo teve que se dividir entre as atividades de gestor e a negociação com os grevistas, o que comprometeu seu desempenho à frente da pasta. Com o retorno das aulas, o secretário retomou a rotina produtiva que marcou os seus seis primeiros meses no cargo e tem tudo para continuar dando uma preciosa contribuição ao sistema educacional da capital.
Gradativamente, o calendário de aulas vai sendo colocado em ordem. Atento à situação e disposto a resolver todas as pendências, Geraldo tem se reunido diariamente com os demais gestores da Semed para definir um esquema de reposição do conteúdo não ministrado ou repassado precariamente nos três meses e meio de greve. A postura diligente do secretário dá a certeza de que os estudantes terão aproveitamento satisfatório no atual ano letivo, apesar da defasagem causada pela paralisação.
Sobre o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado com o Ministério Público e com o sindicato de professores, instrumento que prevê uma série de melhorias na educação municipal e que foi decisivo para o fim da greve, Geraldo Castro Sobrinho tem se empenhado no sentido de cumprir tudo o que foi acertado. Uma das cláusulas diz respeito a melhorias na estrutura física de dezenas de escolas municipais, que já estão sendo providenciadas.
O secretário também demonstra preocupação com a situação funcional dos servidores da educação municipal. Tanto que até o fim do primeiro quadrimestre de 2015 implementará os direitos previstos no Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos do Magistério, como progressão horizontal, adicional por titulação e gratificação por trabalho em área de difícil acesso. Também está sendo viabilizada a aposentadoria de 449 educadores que já fazem jus a esse direito.
Findado o período de crise, Geraldo Castro se dedica integralmente à missão de elevar a qualidade do ensino municipal. E diante do compromisso que tem demonstrado, combinado à aptidão para tarefa, já que é um educador nato, as perspectivas são melhoras possíveis.

terça-feira, 16 de setembro de 2014

Debate dos candidatos a governador do Maranhão na Band


Fábio Gondim manda retirar material de campanha em paradas de ônibus


parada depois da limpeza
Um gesto do candidato a deputado federal Fábio Gondim (1313) chamou atenção e ganhou reconhecimento da população de São Luis e até de concorrentes nestas eleições.

Semanas atrás, o petista havia contrato uma empresa para fazer colagens de minidoors em vários pontos da cidade como forma de massificar ainda mais o nome de Fábio Gondim na capital do Maranhão.

Entretanto, o comando da campanha e o próprio Fábio Gondim foram surpreendidos ao saber que parte dos minidoors havia sido colada em algumas paradas de ônibus. Foi quando o petista determinou, de forma imediata, a retirada de todo o material publicitário dos locais inapropriados para campanha eleitoral.

Além de mandar retirar os minidoors das paradas de ônibus, Fábio Gondim ordenou que a empresa contratada pela sua campanha fizesse todo o trabalho de recuperação do patrimônio público, que foram devidamente repintados nas cores originais.

"Digna de aplausos esta iniciativa do candidato Fábio Gondim em reconhecer o equívoco da sua campanha em colar cartazes nas paradas de ônibus e fazer com que todos fossem retirados e as pinturas retocadas. Um ótimo exemplo para quem deseja ser representante do povo", disse uma usuária de transporte público que estava aguardando ônibus em uma das paradas recuperadas.

Mas o gesto do candidato Fábio Gondim não ganhou reconhecimento apenas do usuários de ônibus. Alguns candidatos, inclusive concorrentes do petista na disputa por uma vaga à Câmara dos Deputados, fizeram questão de ligar para elogiar a postura democrática e mesmo de humildade do candidato  em reconhecer e reparar o erro da empresa contratada pela sua campanha.

O fato é que Fábio Gondim demostrou, mais uma vez, porque tem feito a diferença nesta campanha eleitoral.

Não é à toa que sempre aparece na lista dos mais bem votados para deputado federal no município de São Luis.


segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Confirmado: José Antônio Heluy é o novo suplente de Gastão Viiera

O ex-secretário de Estado de Trabalho e Economia Solidária, José Antônio Heluy, foi confirmado, há pouco, como o nome do PT para substituir o presidente do partido, Raimundo Monteiro, na primeira suplência de senador na chapa encabeçada pelo deputado federal Gastão Vieira (PMDB).
Ele foi escolhido por votação dos presidentes de todos os partidos da coligação “Pra Frente, Maranhão” depois de o PT Nacional autorizar a substituição em virtude da declaração de inelegibilidade de Monteiro (veja documento ao lado).
O presidente do partido ainda tentou emplacar seu aliado Joãozinho, militante do PT de Caxias.
Mas o nome encontrou forte resistência das bases e Heluy – que já era considerado o candidato natural a primeiro suplente, mesmo antes da escolha de Monteiro – acabou sendo aclamado.







Blog de Gilberto Leda

Wellington do Curso faz campanha em Santa Inês


Candidato bisca voto a voto e entrega seu  material de campanha por onde passa
Candidato busca voto a voto e entrega seu material de campanha por onde passa
O candidato a deputado estadual, Wellington do Curso (PPS), continua cumprindo agenda de campanha no interior do Estado. Atendendo a pedidos de amigos, ex-alunos e admiradores, a cidade escolhida foi Santa Inês, onde sempre teve uma grande aceitação.
No final de semana, o candidato realizou uma caminhada pela feira da cidade. Na oportunidade, apresentou suas propostas políticas aos feirantes e a quem estava presente no local.
Ainda no período da manhã, Wellington realizou uma grande caminhada na rua do Comércio, onde fez questão de ir pessoalmente de loja em loja conhecer a realidade do setor comercial de Santa Inês.
O candidato destacou ainda que a aceitação da candidatura está ‘excelente’ e que o povo o tem identificado como um candidato coerente,  novo e que tem uma nova forma de fazer política no Maranhão.
“Estou feliz mesmo com a recepção nas ruas, principalmente com a juventude que tem se identificado bastante com a nossa campanha”, disse Wellington do Curso.

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

“Meu projeto de vida é o empreendedorismo em prol dos maranhenses”, diz Lobão Filho a empresários na Fiema

Lobão Filho disse que como governador do Maranhão atuará para buscar os incentivos para o que chamou de “valorização do empresário maranhense” (Fotos: Biaman Prado)
O candidato da coligação Pra Frente Maranhão, Lobão Filho (PMDB), participou na noite desta quarta-feira (10), na sede da Federação do Comércio de Bens e Turismo do Maranhão, FIEMA, do Encontro da Classe Empresarial. O evento promovido pela Fiema, Associação Comercial do Maranhão (ACM), Câmara dos Dirigentes Lojistas de São Luís (CDL) e Federação da Agricultura do Estado do Maranhão (Faema), objetivou a apresentação de propostas do candidato para o setor.
O peemedebista disse chegar à casa dos empresários de forma muito ‘tranquila e confortável’ já que há sete anos no Senado sempre procurou ouvir os anseios do setor e antecipou que Governador do Maranhão vai atuar de forma energética para buscar os incentivos para o que chamou de “valorização do empresário maranhense”.
Lobão Filho ratificou que como empresário sabe ‘construir e não destruir’ e que seu propósito de vida ‘não é corrupção, poder ou enriquecimento’ e sim de empreendedorismo em prol de quase sete milhões de maranhenses.
“Pregam por aí um Maranhão miserável onde não há investimentos. Nos últimos anos o Estado recebeu cerca de 60 bilhões em investimentos de pelo menos 45 empresas que se instalaram aqui”, questionou o peemedebista.
Ao mencionar as ferrovias que atravessam o estado, malha rodoviária extensa e o melhor porto do país, Lobão Filho disse ser o momento sim de rediscutir políticas públicas para promover ainda mais o desenvolvimento com distribuição justa de riquezas.
Questionado sobre o tema de incentivo às micro e pequenas empresas, o candidato ressaltou que em seu Plano de Aceleração do Maranhão, PAM, o pequeno empresário terá assegurado o acesso ao crédito e um complexo de benefícios para o desenvolvimento de sua atividade.
“No meu governo o micro empresário terá acesso ao crédito, capacitação profissional, venda direta dos produtos, incentivo para sair da informalidade além de internet banda larga, que aliás será uma realidade para o todo o Maranhão. Agora é importante ressaltar, tudo isso feito com os pés no chão e sem falsas promessas, porque depois a conta não fecha”, alertou.
Sobre o tema Segurança, Lobão Filho defendeu a instalação de Sistema de Videomonitoramento nas principais cidades do Estado além da ampliação para a capital, assegurando tranquilidade ao setor e aos maranhenses, além de atuação forte e tolerância zero para o crime, sendo ainda categórico ao afirmar, “candidatos que não tem noção de gestão pensam que onerando ainda mais a máquina pública com novas contratações podem obter resultado imediato quando o que se deve fazer é o redirecionamento do contingente policial e seu aparelhamento”.
Candidato do PMDB prometeu trabalhar ardorosamente para trazer de volta a esperança de um Maranhão de mais oportunidades para o setor empresarial
Responsável por cerca de 17% do PIB do Maranhão gerando cerca de 100 mil empregos diretos, outro importante tema abordado durante o encontro, foi o agronegócio, definido pelo candidato como ‘preponderante para o desenvolvimento econômico do Estado’.
“Vamos trabalhar a logística para otimizarmos o escoamento da produção, discutir o plano de zoneamento e as reservas legais do Maranhão, capacitar os agricultores, facilitar o acesso ao crédito e fornecer a tecnologia adequada para um trabalho de qualidade”, enumerou destacando ainda a implantação de Restaurantes Populares como mecanismos para a comercialização dos produtos agrícolas.
Em suas considerações finais, Lobão Filho concluiu afirmando que sua palavra é de um homem que tem cuidado com o que diz porque se promete cumpre. “Tenho 31 anos como empresário e minha palavra é uma só. Vou trabalhar ardorosamente para trazer de volta a esperança de um Maranhão de mais oportunidades para o setor empresarial assim como para todos os maranhenses que acreditam na verdadeira mudança”.



quarta-feira, 10 de setembro de 2014

Zé Inácio realiza grande caminhada no município de Zé Doca



Na manhã desta terça - feira (09), foi a vez do município de Zé Doca, receber com grande entusiasmo a caminhada da campanha de Zé Inácio (PT) a deputado estadual. O candidato percorreu as ruas do centro comercial da região, acompanhado de correligionários e lideranças políticas, entre elas, a Presidente do Diretório do PT em Zé Doca, Cecilia Costa.
O presidente do Sintraf do município de Bom Jardim, Bernardo Simpatia, também acompanhou a caminhada do petista que em pouco tempo, juntou vários eleitores que cumprimentaram e manifestaram apoio a Zé Inácio (PT).
O comerciante Joaquim Costa, que trabalha na área central da cidade há quase 15 anos, disse que já conhecia o trabalho de Zé Inácio (PT), especialmente em relação aos assentamentos promovidos durante sua gestão na Superintendência do INCRA, e reforçou sua escolha pelo petista: “Vou votar nele por que sei que trabalha! E o povo tem que procurar quem já mostrou serviço e tem nome limpo”, afirmou enquanto recebia os cumprimentos do candidato.
Também muito receptiva com a caminhada de Zé Inácio (PT), a feirante Maria da Conceição Lopes, deixou clara sua satisfação em reencontrar o candidato petista no município; “Esse aqui eu conheço! Já fez muito por nós!”.
Zé Inácio (PT) agradeceu a receptividade do povo de Zé Doca em relação a sua candidatura e destacou que pretende lutar por mais oportunidades para os agricultores deste município, visando sempre propostas de incentivo à produção e garantindo dignidade as comunidades da localidade.

 Superintendência do INCRA - Durante o período em que Zé Inácio ((PT) esteve como superintendente do Instituto de Colonização e Reforma Agrária – Incra, várias ações foram realizadas, beneficiando a população da região da Baixada Maranhense. 
Dentre estas ações está a construção de 230 casas beneficiando famílias dos povoados de Balandro, Centrilho, Floresta e Santana.
Também na gestão de Zé Inácio (PT) no Incra, foi implantado o Programa do Governo Federal Minha Casa, Minha Vida Rural em Bequimão, beneficiando famílias dos povoados Ariquipá e Rio Grande com 50 casas em cada povoado e em breve 100 famílias de Paricatiua serão também beneficiadas.

Secretário Geraldo Castro acompanha reinício das aulas nas escolas do Município


Secretário de Educação, Geraldo Castro Sobrinho, abraça aluna no primeiro dia de aulas após a greve (Fotos: Honório Moreira)
A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria de Educação (Semed), acompanhou, nesta terça-feira (9os), a retomada das aulas nas escolas da rede municipal de ensino. Os 200 dias letivos previstos pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB) foram assegurados a todos os estudantes, mediante calendário escolar especial, que leva em conta a realidade de cada escola.
O secretário municipal de Educação, Geraldo Castro Sobrinho, visitou as escolas na manhã desta terça com o objetivo de acompanhar o reinício das atividades pedagógicas. “Contamos com o trabalho de nossos competentes educadores e educadoras, que são imprescindíveis para a formação das crianças, dos jovens, dos adultos e idosos que frequentam nossas escolas”, destacou o secretário.
Para os alunos da Unidade de Educação Básica (U.E.B.) Monsenhor Frederico Chaves, no São Francisco, o dia foi de reencontros. “Hoje revi meus coleguinhas e minha professora e ainda tive a aula da disciplina que mais gosto que é a de Matemática. Estão sendo muito boas as aulas”, destacou o estudante Kauã Vítor Cardoso.
A gestora adjunta da U.E.B. Monsenhor Frederico Chaves, Zuíla Gomes, enfatizou que o calendário escolar será cumprido integralmente. “Trabalharemos com empenho para a evolução escolar de todos os nossos educandos”, declarou. A escola atende a 1.280 estudantes distribuídos em 28 turmas.
Secretário Geraldo Castro Sobrinho acompanhou a retomada das aulas nesta terça-feira e conversou com estudantes e professora
Na escola de Educação Infantil Olinda Desterro, a gestora escolar Ana Lúcia Martins acompanhou a visita do secretário Geraldo Castro Sobrinho e mostrou as instalações da unidade de ensino, bem como as atividades desenvolvidas nas salas de aula. A escola atende 109 educandos, de 3 a 6 anos, em 11 turmas.
Para a estudante Carine Silva Santos, de 6 anos, o dia foi de aprendizado. “Já aprendi muita coisa legal sobre o Brasil e o Maranhão. Também pude ver de novo meus coleguinhas e minha professora. Está sendo nota dez”, avaliou.
Durante a tarde desta terça-feira, a Semed recebeu ainda a presidente do Sindicato dos Profissionais do Magistério do Ensino Público Municipal de São Luís (Sindeducação), Elisabeth Castelo Branco. O objetivo da visita foi alinhar informações acerca do calendário escolar.