Todos por São Luís

segunda-feira, 22 de junho de 2015

UFMA cria o Centro de Ciências Humanas, Saúde e Tecnologia, em Pinheiro


O Conselho Superior da UFMA aprovou, na última quinta-feira, resolução criando a  unidade acadêmica Centro de Ciências Humanas, Saúde e Tecnologia, com sede no município de Pinheiro. Na prática, significa que o campus daquele município passa a contar com uma estrutura deliberativa e administrativa, o que proporcionará um maior suporte para o desenvolvimento das atividades de ensino, pesquisa e extensão.
O novo Centro será dirigido por um órgão colegiado, constituído na forma estatutária e regimental da Universidade Federal do Maranhão, com as representações oficiais dos cursos de graduação e pós-graduação e representantes das categorias técnico-administrativa e discente. Segundo o reitor Natalino Salgado, com a criação do Centro de Ciências Humanas, Naturais, Saúde e Tecnologia, na cidade de Pinheiro, a UFMA estará dando um passo à frente na consolidação do seu processo de interiorização. "A universidade está, cada vez mais, assumindo um papel estratégico no desenvolvimento local contribuindo decisivamente para o processo de inclusão social", enfatizou.
A arrancada do Campus de Pinheiro para se tornar o Centro de Ciências Humanas, Saúde e Tecnologia tem início em 2007, na gestão Natalino Salgado, com a adesão da UFMA ao Reuni, que instituiu a expansão e interiorização da Universidade. A partir de 2010, foram criadas as licenciaturas interdisciplinares e nomeados, pela primeira vez, professores no Campus da baixada maranhense. Em 2013 são criados os cursos de Ciências Humanas com duas ênfases, História e Filosofia, e também o curso de Ciências Naturais com ênfase em Biologia. Os cursos são reconhecidos em 2014 na avaliação do MEC com nota 4.
 
Em 2013 o campus de Pinheiro aprova uma nova expansão e se cria o curso de Medicina. No ano seguinte é criado o curso de Enfermagem  e, neste ano, foi implantada a licenciatura em Educação Física. No segundo semestre começará o curso de Engenharia da Pesca.
O Campus de Pinheiro conta hoje com sete cursos de graduação, aproximadamente 70 professores, 38 técnicos e mais de 900 alunos.  Abriga em sua estrutura física dois campus, um no bairro da Floresta, antiga Pousada Pericumã, onde atualmente está funcionando a casa dos estudantes.
 
Outro campus na estrada de Pacas é composto por dois blocos, um chamado prédio das licenciaturas, formado por um auditório, uma biblioteca central, 04 laboratórios, 08 salas de aula, laboratório de informática, salas das coordenações de cursos e salas dos professores e da administração. Também faz parte desse campus o bloco chamado de prédio da Saúde, formado por vários laboratórios, salas adequadas ao ensino dos cursos de educação física, medicina e enfermagem. Integram, ainda, o complexo o restaurante universitário, a quadra poliesportiva e o anexo do prédio devolvido pela secretaria do Estado que deve ser reformado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário