Todos por São Luís

terça-feira, 23 de junho de 2015

Prefeitura de São Luís reforça merenda escolar com gêneros alimentícios típicos do período junino

Batata doce, milho, coco seco, macaxeira. Produzidos por agricultores locais, os gêneros alimentícios que servem como matéria-prima para o preparo de muitas receitas típicas do período junino estão sendo acrescentados à merenda escolar durante toda esta semana. Além do reforço à merenda escolar, determinado pelo prefeito Edivaldo, a ação da Prefeitura de São Luís vai ajudar a valorizar a cultura e as comemorações do período junino.
Obtido com recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), o complemento à merenda com gêneros produzidos por agricultores locais é fruto de uma articulação entre as secretarias municipais de Educação (Semed), Segurança Alimentar (Semsa) e Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa).
"O acesso à alimentação escolar de boa qualidade é um direito constitucional e uma das prioridades da Prefeitura de São Luís. Oferecer esses acréscimos na merenda escolar fortalece a agricultura local e ainda possibilita que os nossos professores e nossos estudantes comemorem essa data festiva. Com alimentação balanceada, as crianças terão saúde e disposição para estudar, aprender e brincar", destacou o secretário municipal de Educação, Geraldo Castro Sobrinho.
Os produtos da época junina também são ricos em nutrientes. "O milho, por exemplo, tem muita fibra e é rico em vitamina E e B1, que ajuda na regularização do aparelho digestivo e é bom para o sistema nervoso. Já a batata doce tem betacaroteno, vitamina C, vitaminas do complexo B, potássio, fósforo, cálcio e ferro. Ou seja: além de comemorar o período junino, estamos oferecendo alimentos saudáveis aos nossos estudantes", explicou a nutricionista da Semed, Elinete Costa.
ENTREGA
Todas as unidades de ensino da Prefeitura de São Luís recebem os gêneros alimentícios semanalmente. Nesta segunda-feira (22), a U.E.B. Criança Feliz foi uma das que recebeu os produtos típicos do São João. As crianças já começaram, no mesmo dia, a degustar os produtos. "Como é gostoso o milho! Eu também gosto muito de batata doce. Quando a minha mãe ficar de folga eu vou pedir para ela cozinhar batata doce em casa", falou Wallyson Ferreira Penha, 5 anos, enquanto comia o milho cozido.
Para a gestora da U.E.B. Criança Feliz, Selene Bianca Nunes, a alimentação saudável melhora o aprendizado e favorece o crescimento. "A entrega destes produtos tem ainda uma função especial, de ensinar na prática o que temos trabalhado em sala de aula, a nossa cultura, as tradições, as comidas típicas. Estou muito feliz de ver a escola abastecida com esses produtos", destacou a gestora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário