Todos por São Luís

terça-feira, 9 de junho de 2015

Governo investiu R$ 235,5 milhões em Segurança nos primeiros quatro meses, aponta Othelino Neto

Em mais um debate sobre Segurança Pública, o deputado estadual Othelino Neto (PCdoB) destacou, na sessão desta segunda-feira (08), que, só nos primeiros quatro meses deste ano, o governo do Estado investiu R$ 235,525 milhões na área, 25% a mais, se comparado ao mesmo período do ano passado, durante o governo Roseana Sarney. No pronunciamento, o parlamentar frisou que há diferenças entre a atual gestão e a passada nesse setor. Uma delas é o fato do governador Flávio Dino (PCdoB) acompanhar as ações.
“Agora, há hoje uma grande diferença entre a forma que se governa. Flávio Dino acompanha as ações de Segurança, enquanto que a ex-governadora Roseana Sarney abandonou o Estado”, disse Othelino Neto ao frisar que Segurança Pública se faz com investimentos,  acompanhando de perto, exigindo resultados, dando mais condições e valorizando as polícias Militar e Civil.
Segundo o deputado, os esclarecimentos foram para dar uma satisfação à sociedade e uma resposta àqueles que trabalharam para destruir o Maranhão e agora querem ser os detentores das fórmulas pra salvar o Estado. “A meta perseguida não é só reduzir o índice de homicídios, de latrocínios, enfim, melhorar os indicadores de violência. Se nós pudermos, se o governo puder chegar a zero ou a perto de zero é isso que se deseja”, frisou.
Descaso com a Segurança
O deputado disse que é obrigação do atual governo, sob o comando do governador Flávio Dino, combater o avanço da criminalidade, mas ressaltou que essa situação foi criada por conta do descaso do governo anterior. Segundo o parlamentar, as causas dos elevados índices de violência estão em grande parte nas desigualdades do Maranhão. “E como é que se combate? Com politicas sociais e é claro com o aparato policial. E aí fica o discurso repetido de que havia que colocar mil policiais nas ruas. Eles vão ser direcionados sim. O governador vai cumprir o seu compromisso. Agora os policiais precisam estar treinados, capacitados”, reiterou.
O deputado criticou a Oposição que só agora sabe enxergar a Segurança Pública, pois vive uma crise de abstinência do poder. Segundo Othelino, parece até que o Maranhão começou em 1º de janeiro e que antes, até 31 de dezembro, não morria ninguém, não havia homicídio, assalto, latrocínio.
“Porque o grupo do ex-senador José Sarney perdeu o mando, agora tudo começou a acontecer de ruim no Maranhão. Olhem para o próprio umbigo. Vejam o que vocês fizeram com o Maranhão”, alfinetou Othelino Neto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário