Todos por São Luís

segunda-feira, 6 de abril de 2015

Prefeitura garante assistência oftalmológica a estudantes adultos e idosos

A Prefeitura de São Luís estendeu o benefício de consultas oftalmológicas e entrega de óculos aos adultos e idosos que participam do Programa Brasil Alfabetizado (PBA) e às classes de Educação de Jovens e Adultos (EJA). Até o ano passado, apenas os estudantes das classes regulares de Ensino Fundamental haviam sido atendidos. Esta semana, aproximadamente 80 adultos e idosos que já passaram pela consulta oftalmológica tiveram a oportunidade de escolher as armações dos óculos e fazer as medições necessárias. O processo foi feito na Superintendência de Educação de Jovens, Adultos e Idosos da Semed.
A assistência oftalmológica aos adultos e idosos do PBA é feita por meio do Programa Olhar Brasil, de iniciativa do governo federal e executado pela Prefeitura de São Luís por meio de uma articulação entre as Secretarias Municipais de Saúde (Semus) e Educação (Semed).
"Com o acompanhamento adequado de um especialista, estas pessoas poderão dar continuidade aos seus estudos e fazê-lo com muito mais qualidade. Em São Luís, nossos estudantes tem tido acesso à assistência oftalmológica gratuita e também aos óculos por meio dos programas federais Saúde na Escola e Olhar Brasil. A execução desses programas em nossa cidade representa uma das diretrizes que o prefeito Edivaldo Holanda Júnior defende para a área da educação: garantia de qualidade de vida para potencializar o aprendizado", disse o secretário de Educação de São Luís, Geraldo Castro Sobrinho.
BENEFÍCIOS
As consultas oftalmológicas foram feitas em clínicas especializadas conveniadas ao programa Olhar Brasil. Os óculos serão adquiridos pela Prefeitura de São Luís. Raimunda Anores Melo, de 56 anos, é uma das alunas do PBA que receberá óculos. Ela se queixava de dor de cabeça e dor nos olhos. "Meu óculos estava vencido e por isso eu não conseguia acompanhar as aulas. Mas é muito caro comprar um novo", conta.
Para Ivonete dos Santos Fidalgo, de 53 anos, os óculos vão ajudar a solucionar o incômodo que sente nos olhos quando passa muito tempo na sala de aula. "Sinto [incômodo] na sala de aula e até no outro dia, se tiver passado muito tempo lendo ou olhando para o quadro", explicou.
SAIBA MAIS
O Projeto Olhar Brasil é uma proposta conjunta dos Ministérios da Saúde e da Educação para atuar na identificação e na correção de problemas de visão em alunos matriculados na rede pública de ensino da Educação Básica. A partir da identificação das pessoas com problemas visuais, o passo seguinte é prestar assistência oftalmológica com o fornecimento de óculos, a fim de propiciar condições de saúde ocular favorável ao aprendizado do público alvo.



Nenhum comentário:

Postar um comentário