Todos por São Luís

sábado, 25 de abril de 2015

O milagre de ficar rico no Maranhão – empresas que exploram ferry-boat faturam 40 milhões reais sem recolher um centavo de impostos

 
Serviço de qualidade duvidosa
O Governo Flávio Dino começa a abrir  a “caixa preta”; o milagre de ficar rico no Maranhão. Um esquema de lavagem de dinheiro usando os cofres públicos através de isenção fiscal.  Qual seria a justificativa para duas empresas que exploram o serviço de ferry-boat de serem isentas de pagar impostos estadual e municipal?
Othelino Neto fez a denúncia na tribuna da AL
O deputado estadual Othelino Neto(PCdoB) subiu a tribuna para denunciar um esquema milionário de sangramento dos cofres públicos no Maranhão. As empresas Serv Porto e Internacional Marítima que detêm a concessão de explorar o serviço de ferry-boat para a Baixada Maranhense não recolhem um centavo de imposto para o Estado. Elas têm um faturamento anual de R$ 40 milhões de reais.
As informações do escândalo foram repassadas pela EMAP(Empresa Maranhense de Administração Portuária) que a controla o serviço. O escândalo estourou no meio da polêmica da licitação para a renovação da prestação do serviço. As discussões ganharam força na Assembleia Legislativa após um trabalho  do Fórum de Defesa da Baixada Maranhense.


Nenhum comentário:

Postar um comentário