Todos por São Luís

segunda-feira, 20 de abril de 2015

Poder público e sociedade civil revisam Plano Municipal de Educação

Acontecem até o dia 27 de abril as discussões para revisão do Plano Municipal de Educação (PME). As reuniões estão sendo realizadas no auditório da creche Maria de Jesus Carvalho, na Camboa, e são conduzidas pelo Fórum Municipal de Educação de São Luís (FME). O objetivo é congregar representantes do poder público e da sociedade civil organizada para somar as contribuições finais ao texto do Plano Municipal de Educação (PME).
A aprovação do texto final do PME se dará durante a Conferência Municipal de Educação prevista para o mês de maio. O secretário municipal de Educação e coordenador do FME, Geraldo Castro Sobrinho, destacou a importância da participação popular na elaboração do documento.
“O Plano Municipal de Educação de São Luís foi construído com ampla participação popular. Nesta etapa, em que nos aproximamos da versão final deste documento, o engajamento da sociedade civil é ainda mais importante, pois vai assegurar que os anseios de todos os segmentos sejam contemplados”, declarou Geraldo Castro.
Reuniões
O Plano Municipal de Educação é um documento que deve ser elaborado coletivamente por cada um dos municípios brasileiros e que contém as metas e estratégias para cada segmento educacional pelos próximos dez anos. Estas metas e estratégias devem refletir soluções para as principais demandas na área da Educação em uma cidade.
As reuniões iniciaram na quinta-feira (16), com foco na área de Ensino Fundamental. Foram revistas as metas 2, 5, 6 e 7 do PME. Já na sexta-feira (17), a discussão será sobre o segmento de Educação Infantil e as metas 1 e 6 do plano. No dia 22 de abril, a discussão será retomada com a área de Educação de Jovens, Adultos e Idosos e a análise das metas 8, 9 e 10, no turno matutino, e com a área da Educação Especial, contemplada nas metas 4 e 6 do PME, no turno vespertino.
No dia 23 de abril, o foco é o financiamento da Educação, conforme a meta 20. No dia 24, O Ensino Médio (metas 3 e 11) e a Educação Superior e a pós-graduação (metas 12, 13 e 14). As discussões encerram no dia 27 de abril, com a pauta de valorização dos profissionais do magistério, contemplada nas metas 15, 16, 17 e 18 do Plano Municipal de Educação.
A secretária executiva do Fórum Municipal de Educação, Érika Fernandes, ressaltou a importância e presença da população, entidades e sociedade civil nestas reuniões. “Estamos oferecendo nossas sugestões a fim de complementar as metas estratégicas para o documento que será institucionalizado por meio de Lei Municipal. Todos são convidados a participar do processo para contribuir de maneira democrática neste planejamento, que envolve benefício para todos os cidadãos”, disse ela.
Fonte: Secretaria Municipal de Comunicação (Secom)

Nenhum comentário:

Postar um comentário