Todos por São Luís

sexta-feira, 24 de abril de 2015

Agricultura familiar – BNDES coloca o Governo do Maranhão no Serasa

Adelmo Soares(SEAF) e Chico Gonçalves com técnicos do BNDES
O Governo do Maranhão entrou para o Serasa do BNDES por causa  de  projetos mal executados e falta de prestação de contas   na atividade  de agricultura familiar.  A inclusão do Governo Flávio Dino no cadastro de inadimplentes é em decorrência de uma chamada pública realizada em 2013.
 São  46 projetos que na maioria não foram executados na gestão passada. “Se houver o acompanhamento desses projetos é possível destravar e abrir um novo edital”.  Foi o que disse hoje o assessor da presidência do BNDES numa reunião com os secretários de agricultura familiar Adelmo Soares e Francisco Gonçalves(Direitos humanos e participação popular). Segundo Francisco Oliveira, é necessário resolver pendências de anos anteriores em duas outras chamadas, cujos processos estão parados por falta de acompanhamento dos projetos apresentados.
O Governo Flávio Dino(PCdoB) criou recentemente um Fundo para Agricultura Familiar que poderia receber aporte financeiro de cerca de R$ 10 milhões reais por ano para financiar pequenos projetos rurais. Em função dessa pendência com a instituição financeira oficial o fundo continua sem fundo e o Governo do Maranhão com o nome sujo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário