Todos por São Luís

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Ciro Nolasco: credenciais para assumir a Habitação de São Luís


Ciro tem feito um grande trabalho pela habitação
A ida em definitivo de Geraldo Castro para a Secretaria Municipal de Educação (Semed) pode ter reacendido a esperança do jornalista Ciro Nolasco (PRTB) de finalmente assumir a futura Secretaria Municipal de Habitação, que deve ser criada por Edivaldo Holanda Júnior (PTC) no futuro.
Ciro era um dos nomes cotados para a assumir a pasta logo após a eleição de Edivaldo, de quem sempre esteve perto no período da campanha eleitoral, inclusive na articulação de suas bases, como na Assembleia de Deus, mas não obteve êxito em seu projeto. Edivaldo havia optado por Geraldo Castro, da cota de Flávio Dino (PCdoB).

Ciro tem relevante atuação no segmento, exemplo disso foi no Sinduscon-MA, quando participou ativamente da coordenação do programa Casa da Gente, que facilitou acesso de mais de cinco mil famílias à moradia digna no estado. Ele ajudou a implantar postos de atendimento do Programa de Arrendamento Residencial (PAR) no Cohatrac, Centro e Cidade Operária, também estimulou a criação de um cadastro específico para jornalistas e Policiais Militares para obter acesso a imóveis.
Em 2008 ele participou das decisões para a implantação de um Banco de Dados de Emprego para mais de 4 mil pessoas interessadas em trabalhar na construção civil e para a realização de cursos de qualificação profissional. Ele também iniciou projeto Encontro com Cristo, que resumia-se a arrecadar donativos para depois distribuí-los a famílias carentes.
candidato a vereador e aliado do prefeito

E como candidato a vereador, defendeu durante a campanha duas principais propostas voltadas ao segmento de Habitação. Ele pretendia criar a Frente Parlamentar de Habitação na Câmara Municipal, para o combate ao déficit habitacional em São Luís, e também defendia a isenção de taxas municipais para reforma ou construção de moradia para famílias de baixa renda. Portanto, entende do assunto e tem todas as credenciais para assumir o posto. Basta Edivaldo agir com coerência…



Nenhum comentário:

Postar um comentário