Todos por São Luís

sábado, 8 de agosto de 2015

Prefeitura de São Luís participou da edição 2015 dos prêmios Gestão Escolar e Professores do Brasil

Secretário da Semed - Geraldo Castro
A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), participou do lançamento, na capital maranhense, da edição 2015 dos prêmios Gestão Escolar e Professores do Brasil. As premiações são organizadas pela Iniciativa Educadores do Brasil, uma articulação do governo federal, por meio do Ministério da Educação (MEC) com o Conselho Nacional dos Secretários de Educação (Consed) e a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime). A meta é reconhecer, divulgar e premiar o trabalho de educadores que contribuem para a melhoria dos processos de ensino e aprendizagem nas escolas.
A solenidade de divulgação do programa foi realizada esta semana, no auditório do Centro Pedagógico Paulo Freire, na Universidade Federal do Maranhão (UFMA), e contou com a presença do secretário municipal de Educação, Geraldo Castro Sobrinho, atual presidente da seccional maranhense da Undime.
Ele parabenizou os educadores pela passagem do Dia Nacional dos Profissionais da Educação, comemorado no dia 6 de agosto, e destacou a importância da premiação. “Esta iniciativa contribui para a valorização das boas práticas e ações cotidianas, por parte de professores e gestores, que tem contribuído para o desenvolvimento da educação. Que o prêmio tenha uma função efetiva de fomento de boas práticas e que elas possam receber o nosso aplauso”, afirmou.
O evento contou ainda com a presença da coordenadora da Assessoria Especial de Assistência Técnica a Elaboração e Adequação dos Planos Municipais de Educação, Elizabeth Gomes; e da coordenadora do curso de Pedagogia da UFMA, Lucinete Marques.
Sheila Albuquerque, coordenadora da premiação junto à Secretaria Estadual de Educação (Seduc) explicou que a premiação se enquadra na meta 17 do Plano Nacional de Educação. “É a meta que trata da valorização dos profissionais do magistério das rede públicas de educação básica. Podemos trabalhar também com a redefinição do papel dos gestores escolares a partir da disseminação de boas práticas de gestão”, disse Sheila.
INSCRIÇÕES – Os professores que desejarem participar da premiação deverão produzir um relato de experiência que exponha o trabalho desenvolvido com os estudantes, bem como estatísticas que demonstram efetivas melhorias na educação, como indicadores de acesso, permanência e rendimento dos resultados envolvidos.
Há seis categorias diferenciadas, de creche ao 9º ano do Ensino Fundamental. Para cada categoria, será escolhido um vencedor em cada região geográfica do país. As experiências vencedoras serão premiadas com a quantia de R$ 7 mil.
Já para os gestores escolares, o cadastro na premiação também pode ser uma oportunidade de analisar a evolução dos processos de gestão da escola. Cada gestor cadastrado terá acesso a um instrumento de avaliação dos processos e ao planejamento de um plano de ação, a ser construído com a comunidade escolar.
Serão premiadas escolas em nível estadual, regional e nacional. As cinco escolas finalistas e a vencedora recebem o diploma de “Destaque Regional” e “Referência Brasil” respectivamente. É concedida também premiação em dinheiro de R$ 6 mil para as escolas indicadas como destaque estadual, de R$ 10 mil para as escolas indicadas como destaque regional e de R$ 30 mil para a escola vencedora, classificada como “Referência Brasil”. O gestor da escola “Referência Brasil” receberá R$ 6 mil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário