Todos por São Luís

segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Por um futuro melhor. Sampaio Corrêa cria suas primeiras escolinhas de futebol nas comunidades

Foi lançado neste domingo, dia 2 de agosto, o grande projeto Esporte e Lazer na Comunidade. O pontapé inicial foi dado em dois eventos, que aconteceram nas regiões do Itaqui Bacanga e Parque Vitória. Na ocasião, foram iniciadas as duas primeiras escolinhas de futebol do Sampaio Corrêa, uma que funcionará no Campo do Alto da Esperança (Anjo da Guarda) e outra no Campo do Terra Livre (Parque Vitória).
A iniciativa vai beneficiar 50 crianças de cada região, no intuito de descobrir novos talentos e possibilitar a prática saudável do futebol. Os inscritos receberão treinamento de profissionais qualificados, material de treino e um cesta básica por mês, desde que estejam devidamente matriculados na escola e apresentem regularmente comprovantes de presença e boas notas. A ação se estende também aos adultos, com faixa etária acima dos 40 anos, que poderão participar de atividades esportivas e de lazer, para estimular a prática regular de atividades físicas, contribuindo com a prevenção de doenças.
O projeto foi idealizado pelo presidente Sergio Frota, que na qualidade de parlamentar, requereu ao Governo do Estado, por meio da Secretaria de Esporte e Lazer, a verba necessária para levar a ação para as comunidades. Os próximos lançamentos acontecerão nas localidades de Maracanã e Maioba. Ao todo, serão criadas 22 escolinhas de base, para crianças entre 8 e 14 anos.
“Nosso principal objetivo é afastar os jovens do mundo das drogas e possibilitar momentos de lazer e bem estar para as comunidades. O esporte é uma importante ferramenta de inclusão social e é empunhando essa bandeira que daremos prosseguimento ao nosso trabalho”, destacou o presidente.
Representando o governador Flavio Dino, o secretário de Esporte e Lazer, Márcio Jardim, ressaltou a importância do projeto: “Investir no esporte, também, é investir em saúde, e só tenho a louvar esta ação do Sampaio Corrêa”, afirmou o secretário.
Braço social
Todo o programa, do planejamento a execução, é administrado pela ATASC (Associação de Torcedores e Amigos do Sampaio Corrêa), uma entidade sem fins lucrativos, criada para desenvolver projetos de cunho social e em benefício ao esporte maranhense. A associação, desde sua criação, em 2009, tem sido uma grande parceira do Sampaio Corrêa em ações solidárias e participado ativamente do planejamento do clube para a instalação de escolinhas de futebol em todo o Maranhão.
O presidente da ATASC, Batista Oliveira, destacou a ousadia do programa e a possibilidade do surgimento de novos talentos: “Estamos trabalhando com um projeto de grande expectativa, para podermos, no futuro, descobrir um novo Pimentinha, um novo Henrique, ou até mesmo um novo Neymar. Tudo é possível”, frisou.
Entusiasmado com o lançamento do projeto, Frota destacou a importância da Associação dos Torcedores e Amigos do Sampaio nesta empreitada: “A Atasc é o braço social do Sampaio, e é através dela que monitoraremos e continuaremos com essa iniciativa de estimular às práticas esportivas nas comunidades”.


Nenhum comentário:

Postar um comentário