Todos por São Luís

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Governo Dilma corta 38 milhões do orçamento da Ufma, reitor diz que a instituição pode suspender atividades no segundo semestre

Uma notícia desagradável pode surpreender milhares de estudantes da Universidade Federal do Maranhão. O reitor Natalino Salgado disse na manhã desta segunda-feira (17), que a instituição pode ter que suspender suas atividades no segundo semestre de 2015 por conta dos cortes promovidos pela presidente Dilma Rousseff. De acordo com a administração superior da UFMA, somente este ano o Governo Federal cortou um repasse de R$38 milhões (o que representa 10% do custeio e 50% do orçamento total), o que deve inviabilizar a continuidade de obras, desenvolvimento de projetos e inclusive a paralisação de aulas.
Os discentes da UFMA já sofrem com mais de 60 dias de greve dos professores e agora podem acabar perdendo o ano, por conta das atitudes do Governo Federal.
Participaram do encontro, o líder da bancada maranhense no Congresso Nacional, o deputado Pedro Fernandes (PTB), o senador Roberto Rocha (PSB) e os deputados: Zé Carlos (PT), André Fufuca (PEN), Rubens Jr (PCdoB), Júnior Marreca (PEN), Juscelino Filho (PRP) e João Marcelo (PMDB).
Pedro Fernandes disse que buscará ajudar a UFMA, através do agendamento de reuniões com o Ministério da Educação e do Planejamento, além de buscar a destinação de emendas parlamentares para salvar o semestre da UFMA e manter o ensino de qualidade desenvolvimento por Natalino Salgado.
Fonte: Diego Emir

Nenhum comentário:

Postar um comentário