Todos por São Luís

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Prefeitura de São Luís ampliará formação de professores com modalidade semipresencial

Secretário Geraldo Castro Sobrinho compareceu à oficina 
A plataforma semipresencial para o curso de Educação Especial em Contexto vai ampliar as oportunidades de formação de professores, atendendo aos horários de quem tem dificuldade de acompanhar as classes presenciais. O curso é promovido pela Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), e tem o objetivo de capacitar o professor para o atendimento do estudante com deficiência matriculado na rede municipal. A modalidade semipresencial é fruto de parceria com o Núcleo de Tecnologias para a Educação da Universidade Estadual do Maranhão (Uemanet).
Esta semana, 180 professores matriculados no curso participaram de uma oficina de ambientação da plataforma online, realizada no Laboratório de Informática II da Uemanet, no campus da Uema. Além do conteúdo tradicionalmente ministrado na formação, a plataforma online terá vídeoaulas, roteiros de estudos, slides, fóruns de discussões, entre outras ferramentas.
O secretário de Educação, Geraldo Castro Sobrinho, também compareceu à oficina e agradeceu à Uema pela parceria. “O prefeito Edivaldo é um grande defensor das parcerias que possam contribuir com a formação dos nossos educadores. A partir do trabalho conjunto com a Uemanet, já viabilizamos a graduação em Pedagogia para os professores da nossa rede e os das escolas comunitárias, bem como o acesso a cursos de pós-graduação. Agora, incluímos uma formação já consolidada no nosso calendário regular na modalidade semipresencial. Desejamos que, com essa facilidade, cada vez mais professores possam adquirir conhecimento e melhorar ainda mais a qualidade do trabalho desenvolvido em nossas escolas”, disse o secretário.
Geraldo Castro com uma das 180 professoras que participam do curso de formação
Geraldo Castro com uma das 180 professoras que participam do curso de formação
Marilene Magalhães Ferreira, professora da sala de recursos da Unidade de Educação Básica (U.E.B.) Haidêe Chaves, na Vila Boa Esperança, iniciou o curso de Educação Especial em Contexto em fevereiro deste ano, e avalia que as novas ferramentas disponibilizadas no ambiente virtual vão contribuir com o aprendizado. “Considero uma excelente mudança, pois poderemos fazer nosso próprio horário de estudo com mais comodidade, pois poderemos fazer isso em nossas próprias residências. É uma forma ampliada de o professor acessar o conhecimento”, assinalou a professora.
A coordenadora pedagógica do Design Educacional do Uemanet, Sânnya Fernanda Nunes Rodrigues, conta que a plataforma do curso é totalmente interativa – um espaço para mediação do conhecimento adequado à realidade de cada pessoa que participa. A designer pedagógica do Uemanet, Francilene Duarte, diz que a plataforma virtual do curso de educação à distância possibilita a superação de uma dificuldade temporal. “O professor ou qualquer participante não se limita a um momento, mas pode planejar o uso dos recursos oferecidos pela sala virtual de aprendizagem”, finaliza.
Fonte: Secretaria Municipal de Comunicação (Secom)

Nenhum comentário:

Postar um comentário