Todos por São Luís

sexta-feira, 8 de maio de 2015

Nair Portella empolga militância na largada da campanha à reitoria da UFMA


Nem mesmo a chuva fina que caiu no no fim da tarde dessa quinta-feira (07), foi suficiente para esfriar o ânimo dos apoiadores das candidaturas dos professores Nair Portela e Fernando Carvalho Silva, que fizeram o lançamento oficial da campanha à Reitoria da UFMA, no Centro de Convenções. Dezenas de lideranças estudantis, professores, representantes de sindicatos, dentre outros, estiveram na solenidade e destacaram as diversas razões para o apoio.
Dentre os principais motivos ressaltados pelas lideranças estão os avanços pelos quais a Universidade Federal vem passando nos últimos oito anos. Cristiano Capovilla, secretário geral do Sindicato dos Docentes das Universidades Federais do Maranhão (SIND-UFMA), destacou que a candidatura de Nair Portela e de Fernando Carvalho Silva demonstra que esse processo não está segmentado. “Não se trata de partido político A ou B, mas do partido da Universidade Federal do Maranhão. E esse partido é o do desenvolvimento”, falou durante o ato.
O reitor Natalino Salgado fez a abertura da capanha e conclamou a todos para formar uma ampla frente em defesa da UFMA. "Por tudo que a universidade conquistou e para que ela continue avançando temos que defendê-la de qualquer ameaça de retrocesso. Nair Portela e Fernando Carvalho vão trabalhar juntos para que o nossa UFMA consolide os avanços e seja cada vez mais forte e importante no cenário estadual e federal", frisou. 
O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do 3º Grau do Estado do Maranhão (Sintema), Mariano Menezes, também focou no desenvolvimento para manifestar o seus apoio. “Nesses oito anos de gestão de Natalino Salgado o que temos visto é um avanço que não se percebeu em todos os anos de existência da UFMA. E para que mantenhamos esse ritmo, a lógica é votar em quem está em conformidade com os atuais projetos e se propõe a ir mais além, ou seja, Nair Portela”.
Nonato Chocolate, professor do Colégio Universitário da UFMA, alertou para o fato de que os avanços obtidos não podem ser abandonados. “Já estamos em processo de mudança e isso precisa continuar. Temos que seguir adiante e isso, por razões lógicas, só é possível com Nair Portela”, afirmou.
Apoio amplo – Representantes de outros campi também fizeram questão de participar do lançamento da campanha. O professor Jocélio Araújo, diretor do Campus de Chapadinha, ressaltou que os projetos desenvolvidos durante a gestão de Natalino Salgado foram decisivos paras diversos professores, estudantes e líderes acadêmicos a apoiarem Nair e Fernando. “E nosso apoio não se resume à campanha. Vamos trabalhar para ajudar na consolidação dos avanços já obtidos e nos que iremos ainda obter após a vitória”, profetiza.
Estudantes de todos os centros de ensino foram levar seu apoio às candidaturas de Nair Portela e Fernando Carvalho Silva. O acadêmico de Biblioteconomia, Henrique Carneiro, foi enérgico ao lembrar da democracia que se instalou a partir da gestão de Natalino Salgado. “Temos um projeto vitorioso que se instalou há oito anos. Nunca nessa universidade se teve uma abertura para diálogo como agora. Estudantes, professores, líderes de movimentos sindicais e sociais, todos sempre encontraram as portas da reitoria aberta para conversar. Reconhecemos os avanços estruturais, mas não podemos deixar de valorizar o processo democrático”.
Nair Portela garantiu que todos os ganhos obtidos durante a gestão de Natalino Salgado serão mantidos e se avançará ainda mais. “Ganharemos a eleição juntos e assumo o compromisso firmado de continuar trabalhando junto com o professor Fernando Carvalho para dar continuidade ao trabalho que foi iniciado pelo reitor Natalino Salgado, em prol do desenvolvimento dessa Universidade”, disse ela, visivelmente emocionada. “Fiz um grande esforço para não cair aqui diante de vocês porque os depoimentos aqui prestados foram muito fortes e mexeram muito comigo. A partir do meu trabalho, que já dura três décadas nessa universidade, eu aprendi e continuo aprendendo a ouvir entender e ajudar o outro. Aprendi a me colocar no lugar do outro para ajudar”, finalizou Nair Portela.

Nenhum comentário:

Postar um comentário