Todos por São Luís

quinta-feira, 7 de maio de 2015

Awá-Guajá / Um ano depois - 1200 famílias foram despejadas e abandonadas pelo Governo Federal, denuncia deputado Wewerton Rocha

É degradante a situação das 1200  famílias que o Governo Federal despejou  das terras indígenas Awá- Guajá  no São João do Caru, em janeiro do ano passado. Um ano depois  nada foi feito pelas famílias que foram retiradas de suas terras e jogadas ao vento pelo Incra do Maranhão.  O Governo Dilma(PT) despejou   as famílias sem nenhum tipo de apoio e estrutura   numa área de assentamento nos municípios de Coroatá e Parnarama. O deputado federal Wewerton  Rocha(PDT) aproveitou hoje a presença do Ministro da Justiça José Eduardo Cardozo no plenário da Câmara Federal  para denunciar a situação que se encontra essas famílias.  Veja o que o deputado falou ao ministro:
Cardozo - ministro da Justiça
- “Sabe o que aconteceu com aquelas 1200 famílias que foram desalojadas, ministro? Os tratores derrubaram as casas dos trabalhadores. Não existe nenhuma mão do Governo Federal para dizer assim, estamos aqui pra dá o início, uma luz pra vocês. Pelo contrario, famílias que tinha dividas com Pronaf, com os bancos oficiais,  não puderem nem tirar sua produção da terra. Estão aí jogadas a sorte. Isso é muito sério, ministro.  O impressionante é que agora eu não vejo ninguém dos diretos humanos, ou ambientalistas para defender o bicho homem, crianças e idosos  que está lá largados passando fome.      E quando a gente questiona ainda tentam nos colocar de forma covarde, dizendo que somos contra os índios no Brasil. Nós somos contra a forma da política que a Funai implantou no Brasil”.
Wewerton falou no plenário 
Em tempo
O deputado Wewerton Rocha(PDT) foi  uma das vozes da bancada do Maranhão que levantou, acompanhou de perto  denunciando,  no ano passado, a forma como estava sendo  conduzida a reintegração de posse em  São João do Caru.



Nenhum comentário:

Postar um comentário